MP do Paraná denuncia prefeito por uso privado de segurança pública

Sexta-feira 6, maio 2011

O Ministério Público do Paraná denunciou na terça-feira o prefeito de Londrina (PR), Homero Barbosa Neto (PDT), por improbidade administrativa. Segundo a denúncia, ajuizada pela Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público, a prefeitura teria contratado dois vigilantes da empresa Centronic Segurança e Vigilância Ltda. para prestar serviços à rádio Brasil Sul, de propriedade da família do prefeito.

O MP afirma que os dois seguranças teriam trabalhado na rádio entre junho de 2009 e junho de 2010. Depois de dispensado pela empresa de vigilância, um deles entrou com uma ação trabalhista contra a Centronic, a rádio e a prefeitura. A ação foi descoberta pelo MP, que passou a investigar o caso.

O promotor Renato de Lima Castro, responsável pelas investigações, diz que existem documentos que comprovam a irregularidade na contratação dos serviços de vigilância. Durante o processo de investigação ele chegou a apresentar holerites dos seguranças que estavam em nome da prefeitura.

De acordo com a denúncia, o caso caracteriza enriquecimento ilícito por parte de Barbosa Neto, que é sócio-proprietário da rádio, provocando prejuízos aos cofres públicos.

Por




1 Comentário

  1. Parabéns pelo novo site, as possibilidades de enviar os links das matérias diretamente para nossas redes sociais e a facilidade de postar comentários era o que faltava… eu que já era um leitos assíduo desde sempre, agora muito mais feliz pela interatividade extra.

Deixe seu comentário

Você deve ser logado postar um comentário.

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos