CVM multa Verônica Dantas, do Opportunity

Quarta-feira 22, julho 2015

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) multou Verônica Valente Dantas em R$ 300 mil por ter votado para aprovação e conclusão da compra do IG nas reuniões do conselho de administração da empresa BTP em 2003 e em 2004, em situação de conflito de interesses. A relatora do processo, Luciana Dias, diretora da CVM, apontou o vínculo existente entre Verônica Dantas e outro acionista indireto do IG e controlador da BTP, Daniel Dantas.

A relatora, porém, isentou Verônica da acusação de não ter convocado uma assembléia geral dos acionistas da Opportunity Zain, outra empresa participante do intricado grupo de controle do IG. A denúncia fora apresentada pela Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) e pela Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), acionistas diretas e indiretas da Brasil Telecom Participações (BTP). A própria BTP e a Brasil Telecom (BrT), sob nova administração, também apresentaram reclamação, em 2006.

Por




Deixe seu comentário

Você deve ser logado postar um comentário.

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos