Brasil e os Responsáveis pela Crise

Sábado 9, abril 2016

  Brasil e os Responsáveis pela Crise Crescimento negativo de 4% Desemprego — 12% Saída de investimentos Tentativa de alteração no processo constitucional Últimos Anos Corruptos e corruptores não tiveram os bens sequestrados. Ficaram mais ricos com aquilo que roubaram. O povo desempregado ficou mais pobre do que antes. Os que nunca trabalharam não vão mais conseguir trabalho. Os filhos dos pobres vivem na clandestinidade. Os filhos de corruptos e corruptores moram em casas luxuosas em Lisboa, Miami, Londres e outras cidades mais aprazíveis, como dinheiro do povo. Sarney e a hiperinflação Collor e os marajás BANESTADO Denúncias surgidas durante as investigações sobre o escândalo dos precatórios, em 2003, acabaram dando início a outra CPI, para apurar evasão de divisas de cerca de US$ 30 bilhões por meio de títulos podres dos estados de Santa Catarina e Alagoas e de operações do Banestado (Banco do Estado do Paraná). A CPI terminou sem... Leia mais

PPS recorre ao STF para tentar barrar lei de repatriação de recursos

Sábado 9, abril 2016

  O PPS entrou na noite de ontem com a primeira ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra a repatriação de recursos de brasileiros no exterior. A solicitação foi feita ao Supremo Tribunal Federal (STF) acompanhado de um pedido de medida cautelar. De acordo com o pedido, a Lei da repatriação impede que órgãos iniciem investigações sobre crimes com base nos dados oferecidos pelos contribuintes na declaração de regularização. Além disso, a lei extingue de punição os contribuintes que pagarem as multas e o imposto cujo dinheiro tenha origem lícita. A ADI solicita a intimação do presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), para prestar informações sobre a lei impugnada, além da oitava do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, e do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ainda de acordo com a ação, não é prevista a extinção de punição em relação ao crime de lavagem de dinheiro mesmo quando os recursos... Leia mais

Lula vence o PSDB

Sábado 9, abril 2016

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) estão tecnicamente empatados na preferência dos brasileiros para as eleições de 2018. A pesquisa do DataFolha, que ouviu 2.279 entrrevistados em 170 municípios do país nos dias 7 e 8 de abril, considerou dois cenários distintos. No cenário em que disputam Lula, Marina e Aécio Neves (PSDB), o ex-presidente aparece com 21% das intenções de voto, contra 19% de Marina e 17% de Aécio. Jair Bolsonaro (PSC) aparece com 8% e Ciro Gomes (PDT) com 7%. Luciana Genro (Psol) e Michel Temer (PMDB) figuram com 2% cada e Eduardo Jorge (PV) e Ronaldo Caiado (DEM) com 1%. Em um segundo cenário, contra Geraldo Alckmin (PSDB) em vez de Aécio Neves, Marina aparece como a predileta. Com 23%, a ex-senadora e ministra do Meio Ambiente supera Lula, que aparece com 22%; o tucano Alckmin, que tem somente 9% e Ciro Gomes e Bolsonaro, empatados em 8%. Novamente, Genro e Temer têm 2% das intenções de voto e... Leia mais

Apoio a impeachment de Dilma cai de 68% para 61%, aponta pesquisa

Sábado 9, abril 2016

  A aprovação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff caiu nas últimas semanas. Pesquisa Datafolha divulgada hoje aponta que a taxa favorável ao impeachment da presidente encolheu de 68% para 61%. Já o porcentual daqueles que são contra o fim antecipado do mandato de Dilma Rousseff subiu de 27% para 33%. O novo levantamento foi realizado entre os dias 7 e 8 de abril e questiona se os deputados deveriam votar a favor ou contra o afastamento de Dilma Rousseff. A pesquisa anterior havia sito realizada nos dias 17 e 18 de março. A pesquisa também questiona se Dilma Rousseff deveria ou não renunciar à presidência. Neste caso, a saída da presidente é defendida por 60% das pessoas ouvidas. Na pesquisa anterior, o número daqueles que defendiam a renúncia de Dilma estava em 65%. Outros 37% das pessoas consultadas nos últimos dois dias acham que Dilma Rousseff não deveria renunciar ao posto. O levantamento ouviu 2.779 pessoas em 170 municípios. Para 49% dos... Leia mais

O ministro tucano jalgando o PT

Segunda-feira 28, março 2016

Ao acatar os argumentos dos partidos de oposição PSDB e PPS e impedir a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como chefe da Casa Civil, o ministro Gilmar Mendes acrescentou mais um fato à lista de polêmicas durante sua atuação no STF (Supremo Tribunal Federal), muitas delas em campo oposto ao defendido pelo PT. No dia 18, em ação movida pelos partidos, Mendes suspendeu a posse de Lulaaté uma decisão final do Supremo e determinou que as investigações contra o petista permaneçam com o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na 13ª Vara Federal de Curitiba. O ministro entendeu que há indícios de que a nomeação de Lula foi motivada pelo objetivo de entregar ao Supremo as investigações contra o ex-presidente, retirando de Moro a possibilidade de ordenar um eventual pedido de prisão do petista. A presidente Dilma Rousseff (PT) nega essa interpretação e diz que Lula foi escolhido para colaborar com o governo. Para barrar a posse de Lula,... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos