Mais de 94% das TVs conectadas no Brasil foram compradas nos últimos dois anos

Terça-feira 1, dezembro 2015

  Estudo realizado em quatro países confirma a disseminação dos aparelhos de Smart TVs e mostra que aplicativos de vídeo on demand são um dos fatores desse “boom” nos últimos dois anos. Cerca de 94% das televisões conectadas, no Brasil, foram compradas nesse período. Já 86% desses proprietários dizem usar aplicativos para assistir séries e filmes, como é caso do Netflix. Encomendada pela LG Eletronics e smartclip, em parceria no Brasil com a Dentsu Aegis Network, a pesquisa foi realizada pela Nielsen. De acordo com o levantamento, 32% de todos os televisores em território brasileiro já são Smart TVs e 91% desses proprietários conectam seus aparelhos à internet. O estudo também mostra que as Smart TVs são responsáveis pelo aumento no consumo de TV em geral: 43% do tempo desses consumidores são dedicados a conteúdo on demand. - Os dados apontam que o telespectador de uma Smart TV assiste mais televisão, desde programas da TV tradicional aberta e a... Leia mais

Cunha articulou benefícios para bancos liquidados

Terça-feira 1, dezembro 2015

  O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apresentou diversos projetos legislativos que trariam benefícios tributários para bancos em liquidação e para agilizar a obtenção de créditos decorrentes do Fundo de Compensação de Variações Salariais (FCVS) no mesmo período em que André Esteves, ex-presidente do BTG Pactual, adquiriu o Bamerindus e negociou a compra do Nacional. Com a aquisição do Bamerindus, Esteves obteve créditos tributários estimados em R$ 2 bilhões, após ter pago R$ 418 milhões pela instituição, de acordo com o anúncio oficial do negócio feito em janeiro de 2013. Caso tivesse fechado a compra do Banco Nacional, Esteves teria acesso a R$ 31,8 bilhões em créditos de FCVS e mais um montante significativo de benefícios tributários. As conversas para a aquisição do Nacional duraram até setembro de 2014, quando o negócio não foi concluído. Porém, enquanto a aquisição do Nacional esteve em discussão, Cunha e seus... Leia mais

Serasa: número de novas empresas criadas em 2015 ultrapassa 1,5 milhão

Segunda-feira 30, novembro 2015

  Em setembro de 2015 foram criadas no Brasil 173.405 novas empresas, um aumento de 1,3% em relação ao mês anterior, agosto, quando 171.227 novos empreendimentos surgiram no mercado. O número também foi o segundo maior para um mês de setembro, desde que o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas surgiu, em 2010. O recorde para o nono mês do ano é de setembro de 2014, com 174.517 novas empresas. Somando todas as empresas criadas nos nove primeiros meses de 2015, o número é de 1.522.988 contra as 1.457.956 nascidas entre janeiro e setembro de 2014, registrando um aumento de 4,5% no período.  De acordo com os economistas da Serasa Experian, o aumento na criação de novos empreendimentos ocorrido em setembro de 2015, reflete a sazonalidade mais intensa neste período – novos empreendimentos, sobretudo comerciais, sendo criados para poderem estar atuando nas vendas de final de ano. Já o recuo em relação ao mesmo mês do ano passado, a diminuição... Leia mais

Cruzeiros marítimos injetaram R$ 2,14 bi no Brasil durante a temporada 2014/2015

Segunda-feira 30, novembro 2015

  studo de perfil e impactos econômicos de cruzeiros marítimos no Brasil, realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) a pedido da Cruise Lines Internacional Association/Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia/Abremar Brasil) revelou que, durante a temporada 2014/2015 – com início em novembro de 2014 e término em maio deste ano, os impactos totais – tanto os gastos diretos e indiretos das companhias marítimas, quanto os gastos de cruzeiristas e tripulantes – atingiram a marca de R$ 2,14 bilhões. Desse montante, R$ 1,133 bilhão foram gastos em despesas das armadoras com taxas portuárias e impostos, combustíveis, fornecimento de alimentos e bebidas, reposição de água e descarte de lixo, pagamento de salários, comissionamento de agências, e custos com marketing, excursões e escritórios. O levantamento ainda mostrou que os mais de 549 mil hóspedes que embarcaram em viagens de navio na temporada deixaram, juntamente com os... Leia mais

Confiança do empresariado baiano apresenta melhora em novembro

Segunda-feira 30, novembro 2015

  A Pesquisa de Confiança do Empresariado Baiano vem identificando pessimismo considerável da classe empresarial do estado nos últimos meses. Em novembro, entretanto, o Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (Iceb), calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), registrou suave redução do nível de pessimismo. Após o menor registro de sua série, observado mês passado, a confiança do empresariado baiano volta a melhorar e fica em -460 pontos, um aumento de 21 pontos em relação ao mês anterior. No entanto, nada permite falar em recuperação da confiança ou inversão da trajetória declinante dos últimos meses. Afinal, os meses de junho a novembro confinam os seis piores registros do Iceb.  A expectativa geral do empresariado baiano em novembro, apesar da melhora das perspectivas, continuou na zona de pessimismo. O abrandamento do nível de confiança observado neste mês, no entanto, não foi disseminado... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos