Rivellino diz que Ronaldo demorou para ficar com vergonha do Brasil

Quinta-feira 29, maio 2014

  Convidado pela organização do Tour da Taça para abrir a exposição da Copa do Mundo em São Paulo, o ex-jogador Rivellino, campeão mundial pela seleção brasileira em 1970, festejou a taça, mas reforçou o coro de críticas  ao posicionamento de Ronaldo A constatação de Rivellino foi de que Ronaldo levou tempo demais para ficar com vergonha do Brasil: “Ele demorou, né? Eu também estou [com vergonha]. Ele devia ter falado antes, ou então ter tomado outra posição. Aí, ele vem publicamente declarar apoio a um candidato à presidência em um momento que não é por aí, o momento é de Copa do Mundo, depois cada um segue o seu caminho”, criticou Rivellino. Ronaldo provocou polêmica na última semana, em entrevista à agência Reuters, quando  disse disse sentir vergonha do Brasil. Dias depois, declarou apoio ao pré-candidato da oposição à Presidência, o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Rivellino diz não ser contra as manifestações de modo algum,... Leia mais

PEC apoiada por Barbosa estoura teto salarial do Judiciário

Quarta-feira 21, maio 2014

  Um ministro do Supremo Tribunal Federal poderá receber quase R$ 40 mil por mês, uma elevação de 35% sobre o salário atual, caso a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 63 seja aprovada no Congresso Nacional. O aumento, defendido publicamente pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa, em nota técnica enviada aos senadores no último dia 22, é considerado explosivo pelo governo Dilma Rousseff. A questão virou uma espécie de guerra fria entre o Executivo e o Judiciário. Com votação prevista para esta quarta-feira, 21, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a PEC 63 cria um adicional por tempo de serviço de 5%, aplicado a cada cinco anos, até o limite de 35%, para todos os magistrados brasileiros e também ao Ministério Público federal e estadual. Este universo, hoje, é de aproximadamente 30 mil servidores na ativa. Mas a proposta vai além: o benefício que será somado ao salário valerá também para aposentados e pensionistas. Avanço. Segundo... Leia mais

Lei fixa ordem de exibição dos cargos na urna eletrônica

Terça-feira 20, maio 2014

A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que disciplina a exibição dos painéis na urna eletrônica para as eleições. O texto especifica a ordem exata dos cargos eletivos no equipamento, diferentemente da norma anterior, que determinava apenas que “a urna eletrônica exibirá para o eleitor, primeiramente, os painéis referentes às eleições proporcionais e, em seguida, os referentes às eleições majoritárias”. Segundo a nova lei, a urna eletrônica exibirá para o eleitor os painéis na seguinte ordem: deputado federal; deputado estadual ou distrital; senador; governador e vice-governador de Estado ou do Distrito Federal; presidente e vice-presidente da República. No caso das eleições municipais, a ordem deve ser: vereador, prefeito e vice-prefeito. A lei está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 20. Leia mais

Criador do ‘Dilma Bolada’ diz ter sido convidado para atuar na campanha de Aécio

Terça-feira 20, maio 2014

  Dono do perfil “Dilma Bolada” nas redes sociais, o estudante de publicidade Jeferson Monteiro escreveu na segunda-feira, 19, em sua conta particular do Facebook que foi convidado a trabalhar na campanha presidencial do senador Aécio Neves (PSDB). A página “fake” criada por Monteiro ficou famosa na internet pelas sátiras feitas à presidente Dilma Rousseff e pelas piadas com os pré-candidatos à Presidência Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Com o título “Dilma Bolada: não está à venda!”, Monteiro afirma que foi procurado há algumas semanas por uma agência de publicidade. “A agência tinha um plano de venda de apoio político das suas páginas para as Eleições Presidenciais deste ano. Ou seja, diversas páginas que todos curtem, gostam e recebem conteúdo diários, iriam fazer campanha eleitoral para o candidato que fechasse um contrato milionário com eles e iria assim difamar os opositores, praticamente um... Leia mais

PF prende deputado no MT e investiga governador

Terça-feira 20, maio 2014

  A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 20, mais uma fase da Operação Ararath, que investiga crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro. A ação cumpre mandados de buscas e prisão no Estado de Mato Grosso. Foram presos o deputado estadual José Riva (PSD) e o ex-secretário da Casa Civil do Estado Eder Moraes. A assessoria do governo do Estado confirma também que, desde 6 horas da manhã, agentes da PF fazem buscas no apartamento do governador, Silval Barbosa (PMDB). Também há informação de buscas no Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa, Ministério Púbico e na Prefeitura de Cuiabá, comandada por Mauro Mendes Ferreira, do PSB. Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos