Lei fixa ordem de exibição dos cargos na urna eletrônica

Terça-feira 20, maio 2014

A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que disciplina a exibição dos painéis na urna eletrônica para as eleições. O texto especifica a ordem exata dos cargos eletivos no equipamento, diferentemente da norma anterior, que determinava apenas que “a urna eletrônica exibirá para o eleitor, primeiramente, os painéis referentes às eleições proporcionais e, em seguida, os referentes às eleições majoritárias”. Segundo a nova lei, a urna eletrônica exibirá para o eleitor os painéis na seguinte ordem: deputado federal; deputado estadual ou distrital; senador; governador e vice-governador de Estado ou do Distrito Federal; presidente e vice-presidente da República. No caso das eleições municipais, a ordem deve ser: vereador, prefeito e vice-prefeito. A lei está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 20. Leia mais

Criador do ‘Dilma Bolada’ diz ter sido convidado para atuar na campanha de Aécio

Terça-feira 20, maio 2014

  Dono do perfil “Dilma Bolada” nas redes sociais, o estudante de publicidade Jeferson Monteiro escreveu na segunda-feira, 19, em sua conta particular do Facebook que foi convidado a trabalhar na campanha presidencial do senador Aécio Neves (PSDB). A página “fake” criada por Monteiro ficou famosa na internet pelas sátiras feitas à presidente Dilma Rousseff e pelas piadas com os pré-candidatos à Presidência Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Com o título “Dilma Bolada: não está à venda!”, Monteiro afirma que foi procurado há algumas semanas por uma agência de publicidade. “A agência tinha um plano de venda de apoio político das suas páginas para as Eleições Presidenciais deste ano. Ou seja, diversas páginas que todos curtem, gostam e recebem conteúdo diários, iriam fazer campanha eleitoral para o candidato que fechasse um contrato milionário com eles e iria assim difamar os opositores, praticamente um... Leia mais

PF prende deputado no MT e investiga governador

Terça-feira 20, maio 2014

  A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 20, mais uma fase da Operação Ararath, que investiga crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro. A ação cumpre mandados de buscas e prisão no Estado de Mato Grosso. Foram presos o deputado estadual José Riva (PSD) e o ex-secretário da Casa Civil do Estado Eder Moraes. A assessoria do governo do Estado confirma também que, desde 6 horas da manhã, agentes da PF fazem buscas no apartamento do governador, Silval Barbosa (PMDB). Também há informação de buscas no Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa, Ministério Púbico e na Prefeitura de Cuiabá, comandada por Mauro Mendes Ferreira, do PSB. Leia mais

Tribunal do Mato Grosso afasta magistrado acusado de beber no Fórum

Terça-feira 20, maio 2014

  O Tribunal de Justiça do Mato Grosso decretou nesta segunda feira, 19, abertura de Processo Administrativo Disciplinar e o afastamento do juiz Ariel Rocha Soares, da comarca de Tabaporã, por “condutas impróprias”. Segundo denúncia levada à Corte, o magistrado era flagrado constantemente tomando cerveja no fórum. O magistrado dava expediente acompanhado de sua cadela, que avançava em testemunhas e servidores. Também era visto fazendo manobras arriscadas, tipo cavalo de pau, com seu veículo no estacionamento do fórum. Soares teria assediado até uma promotora de Justiça da cidade, para quem mandava mensagens pelo celular de madrugada.  Ariel Soares é acusado de faltar seguidas vezes ao trabalho. A denúncia revela que o magistrado compareceu a um festival trajado apenas de cuecas. Odara, a cadela do juiz, fazia necessidades em plena sala de audiências, segundo a denúncia – e servidores eram convocados para limpar o ambiente. Vez ou outra, Odara... Leia mais

Aécio põe réu do mensalão tucano em seu palanque

Terça-feira 20, maio 2014

 Longe de eventos políticos desde fevereiro, quando renunciou por suspeitas de envolvimento no mensalão mineiro, Eduardo Azeredo diz ter ‘condição moral’ para participar da campanha O ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG), réu no processo do mensalão tucano, disse nesta segunda-feira, 19, em Belo Horizonte, que pretende participar das futuras campanhas tucanas de Aécio Neves à Presidência e de Pimenta da Veiga para o governo de Minas. “Sou fundador do partido. Vou defender o Pimenta e o Aécio”, afirmou. Ex-presidente nacional do PSDB, Azeredo dividiu com os correligionários o palco do evento no qual foram confirmados os nomes da futura chapa majoritária encabeçada por Pimenta – o candidato a vice será o presidente da Assembleia Legislativa de Minas, deputado estadual Dinis Pinheiro (PP), e o ex-governador Antonio Anastasia (PSDB) vai concorrer a uma vaga no Senado. Azeredo renunciou ao cargo de deputado federal em fevereiro deste... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos