Marina usou jato acidentado de Campos

Quarta-feira 27, agosto 2014

  A candidata a presidente Marina Silva (PSB) usou o jato Cessna Citation pago com dinheiro de empresas fantasmas, que caiu no dia 13, em Santos (SP), matando Eduardo Campos e outras seis pessoas. No dia 26 de julho, a candidata desembarcou da aeronave no aeroporto de Juiz de Fora (MG) ao lado de Campos. Na data, ela ainda era candidata à vice, e cumpriu agenda na região ao lado dos candidatos locais do PSB e inaugurou uma Casa Eduardo e Marina. Imagem feita pela TV Integração, afiliada da rede Globo local, mostra os dois no momento do desembarque. Abaixo da janela ao lado da porta do jato é possível ver a marca do Cessna Citation. Três dias após o acidente, Marina declarou ter sido uma “providência divina” não ter embarcado no mesmo voo de Campos. Ela havia sido convidada pelo ex-governador, mas preferiu seguir em outra aeronave, para São Paulo. O avião, avaliado em US$ 8,5 milhões, era usado desde 15 de maio pelo candidato do PSB. O empréstimo ou... Leia mais

Marina e vice divergem em temas como índios e cigarro

Terça-feira 26, agosto 2014

  Unidos na chapa presidencial do PSB, Beto Albuquerque e Marina Silva têm demonstrado pontos de vistas divergentes. O deputado federal defendeu no parlamento projetos totalmente opostos às ideias de sua parceira de partido. Destacam-se: casamento gay, energia nuclear, demarcação de terras indígenas como atribuição do Congresso e a indústria do tabaco. Em 2003, Albuquerque apoiou requerimento do deputado Sarney Filho (PV-MA) pedindo a realização de audiência pública na Câmara para discutir o “potencial técnico e econômico extraordinário a ser desenvolvido pelo Brasil na área nuclear” a partir de Angra 3. Marina refutou a energia nuclear na sua campanha de 2010. Ela voltou a confrontar a fonte energética em 2011, após o acidente na usina de Fukushima, no Japão, sugerindo um plebiscito sobre o tema. Segundo Marina, na ocasião, a “sensação de segurança e controle com essas usinas é uma ilusão”. Outro tema polêmico defendido por... Leia mais

PSDB contrata atriz para raspar a cabeça e falar de câncer no programa eleitoral

Segunda-feira 25, agosto 2014

  Através de uma famosa agência, o PSDB contratou uma atriz para raspar a cabeça e falar de câncer no programa eleitoral do candidato à reeleição ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin. A oferta da ‘vaga’ foi feita pelo Facebook da Relíquia Casting, uma empresa de pesquisa e produção de elenco que tem clientes importantes pelo país. O post convocava mulheres de 25 a 35 anos, castanhas ou loiras, para que mandassem fotos para o email da agência. Procurada pelo blog Olho Neles, a própria Relíquia Casting confirma que houve a seleção, a escolha e a gravação, que se deu no fim de semana. O cachê da mulher que raspou a cabeça foi de R$ 2.010 líquidos, de acordo com a publicação, que foi apagada algumas horas depois de ir ao ar, na sexta-feira (22).  O caso gera polêmica por vários aspectos. O primeiro, por levar a uma interpretação de que a atriz iria simular ter câncer, colocando em dúvida a veracidade sobre os personagens que aparecem no... Leia mais

Empresários reclamam, mas Brasil ainda é a terra do lucro animal

Segunda-feira 25, agosto 2014

  Vejam esses números a respeito de um certo país. O lucro líquido somado de 362 empresas de capital aberto cresceu, no segundo trimestre de 2014, 11,46% com relação ao mesmo período do ano passado. Subiu de cerca de R$ 35 bilhões para R$ 39,3 bilhões. Se as empresas estatais saírem do cálculo, as cifras são mais impressionantes. Na comparação dos mesmos períodos, os valores avançaram de R$ 21,4 bilhões em 2013 para R$ 31,6 bilhões neste ano, um salto de 47,58%! Os dados são de uma consultoria respeitada, a Economática. Referem-se, isso mesmo, ao Brasil. Estatística de consultor, bem entendido, não é artigo propriamente em alta. Mas isso sobretudo quando o assunto são previsões. É aí que o pessoal costuma se esborrachar feio. No caso, porém, não se trata de projeções. Estamos diante de números realizados, contabilizados e divulgados. Dinheiro que já entrou no bolso, limpinho, limpinho (às vezes nem tanto…) Virou chavão nos últimos tempos... Leia mais

Campos usou outro jatinho de empresário investigado pela PF

Segunda-feira 25, agosto 2014

Em maio, então candidato do PSB viajou em aeronave-comprada por Apoio Vieira, envolvido em negócio do avião que caiu em Santos  Uma das empresas investigadas na compra do jato Cessna Citation 500 XLS, que caiu matando o candidato a presidente pelo PSB, Eduardo Campos, e outras seis pessoas, a Bandeirantes Companhia de Pneus Ltda. tem em seu nome outra aeronave que, em maio, foi usada pelo ex-governador de Pernambuco durante visita de pré-campanha na Bahia.  Trata-se do Leaijet 45, prefixo PP-ASV, que Campos usou no dia 20 de maio, em visita a Feira de Santana. Em fotografia retirada pela imprensa durante sua chegada é possível ver a aeronave.  Mais modesto que o Citation 560 XLS, o avião biorreator usado pelo candidato naquele dia está registrado na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em nome da Bandeirantes, que tem sede em Pernambuco, e pertence a Apoio Santa Vieira. Pelo regi stro na Anac, o Learjet 45 foi financiado pela Bandeirantes. Como foi comprado por... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos