Mídia esconde as verdadeiras ‘relações perigosas’ de Bumlai, sócio de GalvãoBueno e Saad da Band

Quarta-feira 25, novembro 2015

  As manchetes da imprensa tradicional usaram e abusaram da expressão “amigo de Lula” para se referir ao empresário preso, numa tentativa de mais uma vez associar o ex-presidente a denúncias de corrupção. Se depender da leitura das manchetes o pecuarista está preso por ser “amigo de Lula”, tamanha a ênfase dada. Apesar disso Mas convenhamos, se “ser amigo” já é criminalizado pela imprensa tradicional, como deveriam tratar “ser sócio”? Pois o narrador esportivo da TV Globo Galvão Bueno foi sócio de Bumlai na rede de fast food Burger King no Brasil, numa composição empresarial que tinha ainda o ex-prefeito de Santos e atual deputado federal Beto Mansur (ex-PSDB, ex-PP e atualmente no PRB) e do piloto de Fórmula Indy Hélio Castro Neves. Continue lendo... Leia mais

Conta no mundo pode ir a US$ 14 bilhões

Terça-feira 10, novembro 2015

A associação de consumidores da Alemanha quer que o grupo Volkswagen ofereça vales de compensação em serviços aos clientes afetados pelo escândalo das emissões de gases poluentes. A empresa admitiu a manipulação de 11 milhões de motores a diesel em todo o mundo com um programa invasor, desencadeando investigações tanto regulamentares como criminais em uma série de países, incluindo a Alemanha, os EUA e o Brasil. “O grupo deve assumir as suas responsabilidades”, disse nesta segunda-feira o presidente da Federação das Associações de Proteção aos Consumidores, Klaus Mueller, em entrevista ao jornal Rheinische Post. “Um voucher é o mínimo que a empresa pode dar para compensar os consumidores afetados”, acrescentou. A exigência de Klaus Mueller surge depois de uma notícia nos EUA de que a Volkswagen planeja oferecer cartões pré-pagos no valor de até US$ 1.250 para os clientes norte-americanos afetados, como parte de um “pacote de boa vontade”.... Leia mais

Ibope: Lula ainda lidera para 2018.Rejeição a Aécio, Marina, Alckmin e Serra também explode

Segunda-feira 26, outubro 2015

  Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira pelo jornal Estado de S. Paulo mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda é o nome mais forte para a disputa presidencial de 2018.   Uma das conclusões da pesquisa, que considera alguns possíveis candidatos para a próxima disputa, é a de que ninguém sai vencedor. Outra é a de que a taxa de eleitores que dizem que votariam com certeza em Lula ainda é maior do que a de todos os seus rivais: 23%. Em maio de 2014, esse índice era de 33%… Continue lendo... Leia mais

Ditadura: Governo Alckmin reduz autonomia de conselho de transparência

Sábado 24, outubro 2015

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) decretou mudanças que enfraqueceram o poder da sociedade no conselho estadual de transparência. Criado em 2011, o objetivo do órgão é emitir recomendações e discutir sobre a forma como a administração estadual disponibiliza as informações públicas de secretarias e empresas estatais. Uma das alterações que diminuíram a força da sociedade no Conselho de Transparência da Administração Pública foi um decreto de março deste ano elevando os membros do governo no órgão para oito –enquanto representantes de entidades seguem com seis membros, o que pode desequilibrar as votações. Outra mudança que turbina o poder do governo dentro do conselho se refere à cadeira da presidência, que, pelo regimento do órgão, tem o voto de desempate e organiza a pauta das reuniões. A regra anterior definia que o titular fosse preferencialmente da sociedade civil. Agora, o presidente será integrante da Secretaria de Governo, chefiada pelo homem... Leia mais

Dinheiro de propina no exterior pagou curso da enteada de Cunha

Sábado 24, outubro 2015

   Uma das contas secretas atribuídas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi usada para bancar despesas de uma enteada do peemedebista, Ghabriela Amorim, filha da jornalista Cláudia Cruz, atual mulher do deputado. A informação consta de extratos bancários remetidos pela Suíça ao Brasil e que embasam novo inquérito contra o deputado, em curso no Supremo Tribunal Federal. Conforme os demonstrativos, US$ 52,4 mil foram transferidos da conta Kopec – aberta no Banco Julius Baer e que teria Cláudia Cruz como beneficiária final – para uma conta atribuída a Ghabriela no banco inglês Lloyds TSB. Os repasses foram feitos entre 29 de agosto de 2008 e 7 de abril de 2009, mesmo período em que ela estudou na Malvern School, escola de inglês no interior da Inglaterra. Numa rede social, a própria Ghabriela informa ter feito curso na instituição no período dos depósitos. Da conta de Cláudia também saíram US$ 8,4 mil para a Malvern, em 14 de maio... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos