Comissão do Senado aprova convocação do presidente do TCU

Terça-feira 14, julho 2015

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou hoje a convocação do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Aroldo Cedraz, para prestar esclarecimentos sobre o julgamento das contas do governo. O requerimento de convocação foi formulado logo após o presidente da CAE, senador Delcídio do Amaral (PT-MS), informar que o presidente do TCU não irá participar de debate sobre as contas do governo. Segundo Delcídio, Cedraz encaminhou à comissão uma carta em que informou que não compareceria ao debate sob a justificativa de que ainda aguarda a manifestação do governo sobre o julgamento das contas, em análise pelo tribunal. A ausência do presidente do TCU provocou revolta de vários senadores. - Essa carta do presidente do TCU é inaceitável e desrespeitosa. Vamos analisar com a nossa assessoria para tomar as providências jurídicas. O TCU é um órgão auxiliar desta Casa e ele desconhece as regras da Casa que ele preside. Ele não está preparado... Leia mais

Exportações de carne bovina somam US$ 2,7 bi no primeiro semestre

Terça-feira 14, julho 2015

  O faturamento com as exportações de carne bovina brasileira, no primeiro semestre de 2015, atingiu US$ 2,7 bilhões. No período foram embarcadas mais de 656 mil toneladas do produto. Os destaques em crescimento nos seis primeiros meses (em comparação com 2014) do ano foram Egito, com 25% de aumento em faturamento e 28% em volume; e EUA, que comprou 83% mais carne industrializada, representando um crescimento de 61% em faturamento. No total das exportações, quando comparado com o primeiro semestre de 2014, o setor registrou uma retração no volume exportado (14%) e em faturamento (18%). Os números devem-se, em grande parte, à queda nas exportações para três grandes mercados: Hong Kong, Rússia e Venezuela, influenciada pelo cenário internacional, com crise do petróleo e variações cambiais, que acabou atingindo diversos setores da exportação brasileira. Mesmo com queda no período, o setor espera uma recuperação para o segundo semestre, já que os seis... Leia mais

Exportações de café crescem mais de 8% em receita no primeiro semestre

Terça-feira 14, julho 2015

A receita das exportações de café alcançou US$ 3,16 bilhões nos seis primeiros meses deste ano, com aumento de 8,68% em relação aos US$ 2,9 bilhões registrados em igual período de 2014. Nesse primeiro semestre, o volume exportado cresceu 0,34%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram mais de 17,7 milhões de sacas de café de 60 kg vendidas ao exterior, sendo que no mesmo período do ano passado foram exportadas 17,6 milhões de sacas. Os dados constam do Informe Estatístico do Café, publicado mensalmente pelo Departamento do Café (DCAF) da Secretaria de Produção e Agroenergia (Spae) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. No mês analisado, o produto representou 7,3% de todas as exportações. Os principais importadores são União Européia, EUA, Japão, Canadá e Turquia. O café é o quinto item mais exportado do agronegócio brasileiro, ficando atrás do complexo soja, carnes, produtos florestais e do complexo... Leia mais

Justiça Eleitoral suspende depoimento de empreiteiro investigado na Lava Jato

Terça-feira 14, julho 2015

  O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo suspendeu hoje de manhã o depoimento do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa. A audiência foi suspensa para aguardar autorização do ministro Teori Zavascki, relator da ação da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). O depoimento do empreiteiro ao TRE foi autorizado na quinta-feira pelo ministro Celso de Mello, do STF. Ricardo Pessoa seria ouvido na ação de investigação eleitoral proposta pelo PSDB contra a coligação da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer, vencedora das eleições presidenciais de 2014. A autorização para o depoimento foi solicitada pelo vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes. Ricardo Pessoa assinou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF), órgão responsável pelas investigações da Lava Jato. Segundo o MPF, Pessoa é um dos líderes do cartel de empreiteiras que pagava propina... Leia mais

Agropecuária: valor da produção brasileira de 2015 é de R$ 463,3 bi

Terça-feira 14, julho 2015

  O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2015 é de R$ 463,3 bilhões. As lavouras somam R$ 295,1 bilhões, o que representa uma redução de 1,8% em relação ao VBP de 2014. A pecuária totaliza R$ 168,1 bilhões, aumento de 2,2% em comparação com o ano passado. Os preços agrícolas mais baixos do que em 2014, para produtos importantes na formação do faturamento bruto, como milho, arroz, laranja e cana de açúcar, foram decisivos para o desempenho deste ano. Os dados são estimados pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) com base nas informações de junho. A mamona foi destaque em crescimento no VBP, com 103,2%. Em seguida estão: cebola, 97%; pimenta do reino, 48,3%; trigo, 7,2%; e soja, 3,3 %. Com queda nos preços, a relação dos produtos que tiveram redução no VBP conta com importantes produtos na formação na renda, como algodão, batata inglesa, cacau, cana-de-açúcar, laranja e... Leia mais

Thomas Piketty: ‘A Alemanha nunca pagou suas dívidas’

Terça-feira 14, julho 2015

  “Os alemães são os últimos que têm direito de fazer proclamação para a dívida”, declarou o economista Thomas Piketty em entrevista ao jornal alemão Die Zeit, enquanto, simultaneamente, argumentou que “a reestruturação é inevitável para muitos países europeus”. Piketty sustentou que “a Alemanha não tem direito de fazer proclamação em outros países europeus para a dívida” e afirmou que “a Alemanha é o país que jamais pagou suas dívidas”. “Quando ouço que os alemães dizem que mantêm uma posição muito moral para com a dívida e têm uma forte convicção de que as dívidas deverão ser pagas, então penso que estão nos gozando! A Alemanha é o país que jamais pagou suas dívidas. Não pode fazer proclamação a outros países”, disse o economista francês, professor de Economia da École des Hautes Études de Sciences Sociales, da Paris School of Economics e da London School of Economics. E prosseguiu Piketty: “Após o término da... Leia mais

Balança tem pequeno déficit

Segunda-feira 13, julho 2015

 Na segunda semana de julho, com cinco dias úteis, as exportações brasileiras chegaram a US$ 3,494 bilhões e as importações totalizaram US$ 3,668 bilhões, o que resultou em déficit de US$ 174 milhões. No acumulado do ano (130 dias úteis) as empresas brasileiras venderam ao exterior US$ 100,379 bilhões e compraram US$ 97,696 bilhões, com um superávit comercial de US$ 2,683 bilhões. Nas duas primeiras semanas de julho, o Brasil exportou US$ 6,050 bilhões e importou US$ 5,588 bilhões, resultando em um saldo positivo de US$ 462 milhões. Os principais gastos de importações na segunda semana do mês foram com combustíveis e lubrificantes, que haviam contribuído para o superávit registrado na semana anterior. Leia mais

Coisa da oposição

Segunda-feira 13, julho 2015

No Brasil de hoje, se dependesse da oposição, o papa provavelmente estaria sujeito a um processo de impeachment ou coisa parecida. Isso se alguém não pedisse a recontagem dos votos dos cardeais que o elegeram. “O dono da UTC disse que doou dinheiro para Dilma. Mas doou um valor muito maior para Aécio Neves. Então, pelas versões que se procura difundir por aí, para Dilma esse fluxo de recursos constitui extorsão e propina. E, para Aécio, é doação livre e espo ntânea” Aécio Neves não se deu conta de que, se Dilma perdesse o mandato por consequência da afirmação de Ricardo Pessoa, no mesmo dia poderia dar entrada em um pedido de cassação dos mandatos dos senadores Aécio Neves e Aloysio Nunes Ferreira.A fonte de dinheiro que favoreceu a campanha de Dilma foi a mesma da campanha de Aécio Neves Leia mais

PF desarticula organização suspeita de desviar R$ 57 mi do Fundeb

Segunda-feira 13, julho 2015

a organização forjava licitações, em conluio com agentes públicos e mediante o pagamento de propina, para desviar recursos federais A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (13) uma operação para desarticular uma organização criminosa acusada de desviar recursos públicos destinados ao Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). De acordo com a PF, a organização forjava licitações, em conluio com agentes públicos e mediante o pagamento de propina, para desviar recursos federais do Fundeb. A PF estima em aproximadamente R$ 57 milhões os prejuízos causados pela organização. A polícia cumpre 96 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão preventiva no Distrito Federal e nos Estados da Bahia, Minas Gerais e São Paulo. Ao todo, 450 policiais participam da Operação Águia de Haia. A investigação da polícia apontou que a organização começou os desvios em... Leia mais

Brasil reduziu evasão escolar em 64% com o ECA, diz Unicef

Segunda-feira 13, julho 2015

  Relatório divulgado hoje pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostra que desde a aprovação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) o Brasil reduziu em 64% a evasão escolar de crianças e adolescentes no ensino fundamental, passando de 19,6%, em 1990, para 7% em 2013. Segundo o Unicef, a implementação do ECA ajudou a reduzir a mortalidade infantil, de 47 óbitos de menores de um ano por mil nascido vivos, em 1990, para 15, em 2011. - Há 25 anos o Brasil tomou a decisão certa. Uma legislação que alinhou o país aos princípios da Convenção Internacional dos Direitos da Criança da Nações Unidas – disse Gary Stahl, representante do Unicef no Brasil. Conforme com o relatório ECA-25 anos do Unicef, nas últimas duas décadas e meia o Brasil reduziu em 88,8% a taxa de analfabetismo na faixa etária entre 10 e 18 anos de idade, passando de 12,5%, em 1990, para 1,4% e 2013, conforme dados do Pesquisa Nacional de Amostra por... Leia mais

Padilha comemora interesse de empresas em projetos de viabilidade econômica

Segunda-feira 13, julho 2015

  O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, comemorou hoje o número de empresas e consórcios interessados em realizar projetos de viabilidade econômica. Segundo o ministro, foram 314 propostas para concessão de rodovias e 92 para aeroportos. O processo faz parte da nova etapa do Programa de Investimentos em Logística, que concederá à iniciativa privada projetos de infraestrutura, entre eles de rodovias, ferrovias, aeroportos e portos. - É a confirmação da nossa expectativa. É o coroamento do Programa de Concessão de Aeroportos – disse Padilha, durante entrevista no Palácio do Planalto. O ministro adiantou que acredita na duração do modelo de concessão para aeroportos e afirmou que, após o fim das concessões, novos contratos serão firmados. - Sabemos que a concessão, ao fim do prazo, o aeroporto volta à disponibilidade da União, para nova concessão ou exploração direta, o que eu acho improvável – explicou... Leia mais

Texto sobre maioridade penal seria inconstitucional

Segunda-feira 13, julho 2015

Por razões de proporcionalidade, os menores que praticam crimes violentos deveriam ser punidos com internação superior a três anos (esse é o limite máximo do ECA). Há proposta tramitando no Senado nesse sentido. O risco de inconstitucionalidade é quase zero, se for encontrado um novo limite máximo razoável (seis anos, por exemplo). Na Câmara dos Deputados faltaram cinco votos para a aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que pretendia reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos em alguns casos de crimes graves. A PEC exige 308 votos favoráveis (3/5 do total de deputados); alcançou 303 votos, contra 184 em sentido contrário e 3 abstenções. O texto colocado em votação era muito ruim, foi pessimamente redigido e era inequivocamente inconstitucional e inconvencional. Se a nossa bíblia é a Constituição e o Direito Internacional vigentes e válidos, eis as razões das inconstitucionalidades e inconvencionalidades da PEC refutada: 1ª) viola o... Leia mais

Caiado mente dizendo que foi senador mais votado da história de Goiás

Domingo 12, julho 2015

  Diz o ditado que “peixe morre é pela boca”. Este velho adágio popular serviu para o senador Ronaldo Caiado, que em vários discursos proferiu a frase que: “Caiado não mente, não rouba e não trai!”, mas foi num flagra do jorna Hora Extra, de Brasília, que o senador do DEM de Goiás foi pego na mentira. De acordo com reportagem do Hora Extra, disponibilizado no seu site na internet, “hoje (ontem, 10) pela manhã, na Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil, em Brasília, o Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) se equivocou ao falar sobre a história recente do estado de Goiás. Ao discursar para os líderes religiosos, o senador agradeceu o apoiou que recebeu do bispo Manoel Ferreira nas eleições de 2014. Segundo o senador, se hoje ele teria a honra de ser o senador mais bem votado da história de Goiás muito se devia ao líder”. Os números das eleições desmentem Caiado. A reportagem do Hora Extra avalia que “por lapso ou, talvez, por desejo de... Leia mais

Radicalismo de Aécio assusta serristas e alckministas

Domingo 12, julho 2015

Discurso golpista e agenda incoerente no Congresso Nacional, reprovando mudanças aprovadas durante os governos de FHC, podem provocar cisão no PSDB em 2018 Nem tudo são flores no PSDB. Reeleito presidente do partido e com controle quase absoluto na legenda, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) corre o risco de ficar falando sozinho em 2018. E isto já aconteceu antes. Em 2006 o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP)  atropelou o ex-ministro José Serra (PSDB-SP) tomando-lhe a vaga de candidato à presidente. Serra deu o troco e pouco apareceu na campanha. A cena se repetiria em 2010, com Alckmin devolvendo a gentileza, praticamente desaparecendo da campanha serrista. Em 2014, tanto Serra quanto Alckmin estavam desgastados para o embate nacional e recolheram-se a projetos regionais, sendo o primeiro eleito governador para o quarto mandato e Serra retornando ao Congresso Nacional com o mandato de senador. Aécio, preterido por Serra em 2010 ascendeu com apoio do ex-presidente Fernando... Leia mais

Alckmin troca cúpula da Receita em meio a investigação de máfia do ICMS

Quinta-feira 9, julho 2015

  Corrupção. Suposto esquema apurado pelo MPE seria responsável por desvios bilionários de recursos de impostos estaduais; desde o fim de junho, dez servidores foram exonerados de seus cargos, incluindo os chefes de Arrecadação e de Fiscalização Tributária Em meio a investigações sobre um suposto esquema de desvios bilionários de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) por fiscais do Estado, o governo Geraldo Alckmin (PSDB) trocou toda a cúpula da Receita estadual. Desde o fim de junho, ao menos dez servidores foram exonerados de seus cargos, incluindo os chefes de Arrecadação e de Fiscalização Tributária. Ao menos 15 pessoas, entre fiscais e parentes, são investigadas pelo Grupo Especial de Repressão a Delitos Econômicos (Gedec), do Ministério Público Estadual (MPE), e pela Polícia Civil por enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. O grupo é suspeito de cobrar propina de empresários em troca da... Leia mais

Guido Mantega vai processar tucano raivoso

Quinta-feira 9, julho 2015

  O ex-ministro Guido Mantega, da Fazenda, está contratando advogado para processar o empresário que o xingou há alguns dias, no restaurante Trio, na Vila Olímpia, em São Paulo. Pela pesquisa já feita, o homem, que gritava “ladrão, ladrão, palhaço, sem-vergonha”, é diretor de uma empresa de empreendimentos imobiliários. EM PÚBLICO O advogado José Roberto Batochio, que representará Mantega, já está redigindo minuta de queixa-crime por injúria, calúnia e difamação: os xingamentos, aos gritos, ocorreram em lugar público e foram depois divulgados num vídeo na internet. ANÔNIMO Nos dois episódios anteriores em que foi agredido em público –num hospital e em outro restaurante–, Mantega não conseguiu localizar os autores das ofensas. – Monica Bergamo Leia mais

Impeachment é pauta da imprensa, diz líder do MST.

Quinta-feira 9, julho 2015

O líder do MST, João Pedro Stedile, afirmou nesta quarta-feira (8) que o impeachment contra a presidente Dilma Rousseff está sendo alimentado pela imprensa e que não vê apoio do empresariado para tirá-la do poder. “Os meios de comunicação, sobretudo a Globo, os grandes jornais e revistas ficam alimentando essa pauta. E alimentar essa pauta é um desserviço à democracia”, disse Stedile à Folha na Bolívia, onde participa nesta quinta (9) de um encontro entre movimentos sociais e o papa Francisco. “[O impeachment] Virou uma esquizofrenia porque a imprensa está falando de um tema que não resolve nada. Vamos mobilizar a nossa base para ser contra qualquer tentativa de impeachment ou golpe branco, tipo esse da volta do parlamentarismo ou novas eleições”, disse. O líder sem-terra, porém, vê a maior parte do empresariado contrária à saída de Dilma antes de 2018. “Não estou preocupado com o golpe porque estou convencido de que a parte... Leia mais

Janio de Freitas: Crise, crises

Quinta-feira 9, julho 2015

  Erupções críticas surgiram com a decisão de Dilma de entregar a área mais decisiva do governo a Levy Uma expressão tem sido frequente, com pequenas variações formais, a respeito da presente situação política: “Crise complexa”. Tanto serve para qualificar o endurecimento do jogo político, como a aparente dificuldade de destrinchar o seu emaranhado. De fato, nenhuma das faces que compõem a situação é simples. Sequer no interior de si mesmas. Mas o conjunto oferece muita nitidez na delimitação dos campos alimentadores da fermentação. Um desses campos é o Congresso, com a presidência de Eduardo Cunha na Câmara e, em menor grau, com a de Renan Calheiros no Senado. O primeiro emergiu de surpresa para o país, para o governo e até para o Congresso. E mesmo para a imprensa. Prevenido por tê-lo visto em atividade no Rio, tentei chamar a atenção para as características do emergente e para o que esperar dele, mas nem aqui entre jornalistas... Leia mais

‘Folha’ e Youssef perdem a memória e inventam notícia pró-PSDB

Terça-feira 7, julho 2015

Aécio convoca Youssef para  testemunhar  em sua defesa no processo que move contra Dilma. A Folha esconde de seus leitores essa informação: Youssef  é testemunha de Aécio   Para entender matéria que tenta induzir o leitor a tirar conclusões diferentes do que dizem os fatos, temos que fazer “engenharia reversa” em cima das frases   A manchete de ontem (3) “PT quis trazer R$ 20 mi para eleição de Dilma, diz doleiro” parece ter sido escrita pela assessoria do senador Aécio Neves (PSDB). Para entender a matéria que tenta induzir o leitor a tirar  conclusões diferentes do que dizem os fatos, temos que fazer “engenharia reversa” em cima das frases.Na página interna, a notícia espetaculosa vai mudando: “Youssef afirma ter recebido pedido de ajuda para campanha no início de 2014”. Até chegar na letra miúda: “Delator diz à Justiça Eleitoral que foi preso antes de fazer operação e não lembra nome da pessoa que o... Leia mais

Dilma, Maju e a manada

Terça-feira 7, julho 2015

  Dois episódios ocorridos na semana passada chocaram parte da população devido à virulência e trouxeram à tona a face mais preconceituosa e conservadora do povo brasileiro. Não há nada mais antigo e recorrente que a discriminação, que resiste através dos tempos à lei e à educação. A apresentadora do tempo do Jornal Nacional, Maria Júlia Coutinho, a Maju, foi vítima da ira de racistas pelas redes sociais, e duas coisas chamaram a atenção nos xingamentos gratuitos feitos à negra que se tornou alvo apenas porque vem se destacando no horário nobre da principal emissora do País: os autores são jovens, moças e rapazes que têm acesso à mais importante rede de informação do mundo, a internet; e segundo, não fizeram questão de se esconder. Publicaram as ofensas na página do Facebook do Jornal Nacional sem receio de serem identificados e processados. O outro caso envolveu a presidente Dilma Rousseff. Diferentemente do Fora Dilma, o adesivo que coloca a... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos