Assessor de Freixo ajuda presos em protestos

Terça-feira 11, fevereiro 2014

  Assessor parlamentar do deputado Marcelo Freixo (PSOL) na Assembleia Legislativa (Alerj), o advogado Thiago de Souza Melo também comanda uma ONG que presta assessoria jurídica gratuita a pessoas que são presas durante as manifestações por vandalismo e outros crimes. Thiago é um dos diretores do Instituto de Defensores de Direitos Humanos (DDH). Em outubro, um dos clientes atendidos pela entidade foi o tatuador Fábio Raposo, também conhecido como Fox, um dos acusados de envolvimento com a morte do cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes. O vínculo de Thiago com manifestantes veio a público ontem, um dia após a polêmica envolvendo o advogado Jonas Tadeu Nunes e Marcelo Freixo. Advogado de Fábio, Jonas chegou a afirmar que os dois acusados de dispararem o artefato que matou o cinegrafista seriam ligados ao deputado. Freixo negou a informação e rebateu observando que Jonas Tadeu representou o ex-deputado Natalino Guimarães em um depoimento na Alerj... Leia mais

Despreparo do Metrô tucano

Quinta-feira 6, fevereiro 2014

  Como se não bastassem os muitos problemas com que já se debatem os vários meios de transporte coletivo da capital paulista, a existência de mais um – e de peso – acaba de ficar evidente: o despreparo do Metrô para lidar com os acidentes que se vêm repetindo em suas linhas. Situação tanto mais lastimável por ser este, reconhecidamente, o meio que presta os melhores serviços. A pane ocorrida no final da tarde de terça-feira na Linha 3-Vermelha causou sérios transtornos para os passageiros e por pouco os conflitos entre eles e os seguranças da empresa não levaram a consequências ainda piores. O problema começou com a falha nas portas de um dos trens daquela linha, que acarretou sucessivas paralisações que afetaram 10 das suas 18 estações. O serviço ficou interrompido nesse trecho por um dos períodos mais longos na história de casos desse tipo. Foram 5 horas – das 18h19 até as 23h22. Essa demora, a superlotação e o calor se combinaram... Leia mais

Caixa bate recorde de R$ 135 bi para financiamento da casa própria

Segunda-feira 27, janeiro 2014

A Caixa Econômica Federal atingiu R$ 134,9 bilhões em contratações de crédito imobiliário em 2013, batendo recorde e ficando acima dos R$ 130 bilhões esperados pelo banco. Os dados foram divulgados pelo banco nesta segunda-feira (27). Do montante aplicado no último ano, 65% foi destinado à aquisição de imóveis novos e 35% para imóveis usados. Em 2013, o número de contratos foi superior a 1,9 milhão, enquanto em 2012 foram firmados 1,2 milhão. Pelo programa Minha Casa Minha Vida foram 900 mil unidades contratadas no ano passado, segundo a Caixa, totalizando 3 milhões e 240 mil unidades desde o lançamento do programa. O recorde no financiamento a casa própria se deve a melhoria das condições para que os brasileiros adquiram um imóvel, disse o vice-presidente de Habitação da Caixa, José Urbano Duarte. “A estabilidade econômica somada ao aumento da renda e melhores condições de financiamento – taxas de juros menores, prazos maiores, além de maior... Leia mais

Assim caminha a impunidade:Mensalão tucano recebe tratamento diferente de caso do PT

Segunda-feira 27, janeiro 2014

  Meio na surdina, como convém a processos do alto tucanato, a Justiça livrou mais um envolvido no chamado mensalão mineiro. O ex-ministro e ex-vice-governador Walfrido dos Mares Guia safou-se da acusação de peculato e formação de quadrilha, graças ao artifício de prescrição de crimes quando o réu completa 70 anos. Já se dá como praticamente certa a absolvição, em breve, de outro réu no escândalo. Trata-se de Cláudio Mourão, ex-tesoureiro da campanha do PSDB ao governo mineiro em 1998. Ao fazer 70 anos em abril, Mourão terá direito ao mesmo benefício invocado por Mares Guia. Vários pesos, várias medidas. Enquanto o chamado mensalão petista foi julgado com celeridade (considerado o padrão nacional) e na mesma, e única, instância suprema, o processo dos tucanos recebe tratamento bastante diferente. Doze anos (isso mesmo, doze!) separam a ocorrência do desvio de dinheiro para o caixa da campanha de Eduardo Azeredo (1998) da aceitação da denúncia... Leia mais

Férias interrompidas em benefício próprio

Quinta-feira 23, janeiro 2014

  Vereadores de Paraguaçu, no Sul de Minas, não esperaram nem mesmo o fim das férias, em fevereiro, para reajustar os seus salários. O prefeito e os secretários municipais também foram contemplados com a proposta aprovada ontem em reunião extraordinária na Casa, com cinco votos favoráveis e quatro contrários. Os aumentos serão feitos com base no Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC), de 5,56%. “O presente projeto se faz necessário, para atender a exigência da Constituição Federal de 1988, que no seu artigo 37, inciso X, autoriza a revisão geral anual, desde que seja precedida de uma lei específica”, justificam os representantes da Mesa Diretora no texto da proposta. O presidente da Casa, vereador José Rafael de Souza, argumentou que está agindo dentro da lei. “Não demos aumento salarial, mas reajuste inflacionário, que é obrigatório”, acrescentou. De acordo com ele, a reunião foi convocada durante o recesso parlamentar... Leia mais

Eduardo Campos usa dinheiro público para reforçar propaganda em ano eleitoral

Quinta-feira 23, janeiro 2014

  O governo de Pernambuco registrou em 2013 um gasto recorde com publicidade, num plano de divulgação que colocou no ar até três propagandas novas na TV por semana e anúncio em revista do Rio Grande do Sul. O volume de inserções sobre a atual gestão este ano deverá ser ainda maior se considerado o gasto mensal. Pelo menos no que depender do orçamento projetado pelo governador e pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB). A verba para publicidade este ano está estimada em R$ 65,7 milhões. Como em ano eleitoral os governos não podem fazer propaganda nos três meses de campanha eleitoral, isso significa que o governo pernambucano terá à disposição uma média de R$ 7,3 milhões por mês para fazer propaganda – 35% mais do que nos anos anteriores. De 2011 a 2013, Campos gastou R$ 197,7 milhões com publicidade, média de R$ 5,4 milhões por mês. Em 2013, quando registrou recorde de gastos, foram R$ 71,6 milhões, uma média mensal de... Leia mais

Em Natal, servidores protestam contra governadora do demo

Quarta-feira 22, janeiro 2014

Servidores estaduais do Rio Grande do Norte vão aproveitar a passagem da presidente Dilma Rousseff por Natal para realizar uma manifestação contra o governo Rosalba Ciarlini (DEM), em constante conflito com o funcionalismo público. O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Rio Grande do Norte (Sinsp/RN) informou em seu site que o ato desta quarta-feira, 22, organizado pelo Fórum Estadual dos Servidores do Estado, deve também reunir sindicatos servidores da saúde, policiais civis, servidores estaduais, funcionários da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), guardas municipais, estudantes e professores de São Gonçalo do Amarante (município na região metropolitana de Natal). De acordo com o Sinsp/RN, a manifestação será contra “o constante atraso dos salários”, por melhores condições de trabalho, pelo pagamento do terço de férias, pela criação de planos de carreira, entre outros pontos. A concentração... Leia mais

Suíços detectam mais contas de propineiro em caso do trens tucano em SP

Quarta-feira 22, janeiro 2014

  O Ministério Público da Suíça afirma que dinheiro da multinacional francesa Alstom abasteceu contas do consultor Arthur Teixeira não apenas na Suíça, mas também no Uruguai e na Inglaterra. Documento enviado aos investigadores do caso no Brasil aponta que dinheiro da empresa circulou “de um lado para o outro” entre as diferentes contas antes de ser transferido por doleiros para destino ainda desconhecido. Tido como lobista do cartel que segundo a Siemens operou no setor metroferroviário de São Paulo e do Distrito Federal, Teixeira é acusado pelo ex-diretor da empresa alemã Everton Rheinheimer de pagar propina a agentes públicos. O dinheiro teria abastecido suposto caixa 2 de campanhas eleitorais do PSDB e do DEM. Até o envio do material pela Suíça, os investigadores brasileiros só trabalhavam com a informação de que Teixeira possuía contas no Credit Suisse naquele país. Os suíços dizem que o consultor usou essa conta para pagar propina ao... Leia mais

Discutir diárias na Europa é “uma grande bobagem”, diz Barbosa

Quarta-feira 22, janeiro 2014

   O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, disse nesta quarta-feira (22) em Paris que considera “uma grande bobagem” as críticas que vem sofrendo por ter recebido R$ 14 mil em diárias para viajar à Europa durante as férias. Ele disse que seus compromissos em Paris e Londres são de interesse público porque ele está representando o Poder Judiciário no exterior. Segundo o STF, o presidente interrompeu o descanso para cumprir compromissos oficiais na Europa. “Eu acho isso uma tremenda bobagem. Nós temos coisas muito mais importantes a tratar. É uma coisa muito pequena. Veja bem, você viaja para representar o seu país, para falar sobre as instituições do Brasil e vocês estão discutindo diárias?”, disse o presidente do STF, ao sair de uma reunião na Sorbonne, na tarde desta quarta-feira. “Quando é que na história do Brasil o presidente do Poder Judiciário teve as oportunidades que eu tenho de viajar pelo... Leia mais

Justiça bloqueia R$ 14,5 milhões em bens do senador Zezé Perrella e de seu filho, o deputado estadual Gustavo Perrella

Quarta-feira 22, janeiro 2014

  A Justiça estadual determinou o bloqueio dos bens do senador Zezé Perrella (PDT); de seu filho, o deputado estadual Gustavo Perrella; de seu irmão, Geraldo de Oliveira Costa; da Limeira Agropecuária (de propriedade da família); e de dois ex-presidentes da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). O bloqueio alcança bens imóveis e móveis que perfazem valor total de R$ 14,5 milhões. A medida diz respeito a um pedido do Ministério Público Estadual (MPE) em uma ação de improbidade administrativa. Também foi determinada a quebra dos sigilos fiscal, telefônico e bancário dos réus. Segundo investigação, a família Perrella negociou com a Epamig a compra, sem licitação, de toneladas de grãos, produzidos na fazenda Guará, em Morada Nova de Minas, gerando o que a promotoria considerou enriquecimento ilícito para a família. Em seu despacho, a juíza da 3ª Vara da Fazenda estadual, Rosimere das Graças Couto, deferiu o pedido de liminar feito... Leia mais

Quase 60% dos médicos brasileiros formados são reprovados no Exame do Cremesp

Quarta-feira 22, janeiro 2014

  O índice de reprovação dos 2.843 médicos recém-formados em São Paulo que prestaram o Exame do Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) 2013 foi de 59,2%. O índice é maior que o de 2012, ano em que a prova se tornou obrigatória, quando 54,5% foram reprovados. Apesar de obrigatório para conseguir a licença médica, o exame não tem caráter eliminatório. Isso significa que mesmo que o médico não passe na prova, ele ainda poderá exercer a medicina. “Infelizmente, o conselho ainda não pode negar o registro para quem não atinge o mínimo de 60% de acerto”, diz Bráulio Luna Filho, diretor do Cremesp e coordenador do exame. Bráulio aponta que há casos em que o registro é dado a alunos que acertaram apenas 17 das 120 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas. “É vergonhoso e um grande absurdo. O exame deveria ser terminal, se o aluno passou, consegue a licença”, diz. Os índices são ainda mais baixos entre os... Leia mais

PF quer reter helicóptero dos Perrellas

Sexta-feira 3, janeiro 2014

O governo e a Polícia Federal (PF) do Espírito Santo manifestaram oficialmente, em juízo, interesse na utilização do helicóptero da família do senador Zezé Perrella (PDT-MG). Em 24 de novembro, a aeronave foi interceptada por policiais federais em uma propriedade rural no município de Cláudio Afonso, a 90 quilômetros de Vitória, com um carregamento de 443 quilos de cocaína pura. Em despacho do juiz federal Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa, antes do recesso de fim de ano do Judiciário, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e o comando da Superintendência da PF daquele estado declararam que pretendem ficar com o helicóptero modelo Robinson 66, avaliado em R$ 3 milhões. Na mesma decisão, o juiz Marcus Vinícius abriu prazo para que os proprietários da aeronave se manifestem sobre a aplicação da Lei 11.343, de 2006. Pela legislação, qualquer meio de transporte utilizado para o tráfico de drogas pode ser confiscado para uso do... Leia mais

Haddad determina redução de custeio e lança pacote antienchente

Sexta-feira 3, janeiro 2014

  Em seu primeiro dia como prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) orientou sua equipe de governo a reduzir gastos com custeio para tentar elevar os investimentos na cidade e anunciou um pacote emergencial com 16 medidas para combater as enchentes na capital. Haddad disse ter pedido a seus secretários a revisão dos gastos da prefeitura. “São Paulo hoje compromete praticamente todo o seu Orçamento com o custeio”, afirmou, em entrevista na sede da prefeitura. “O nosso investimento hoje, per capita, é a metade do Rio de Janeiro”, declarou. Segundo a equipe de Haddad, o investimento per capita da capital paulista é de R$ 264,30, enquanto no Rio é de R$ 526,72. “Há uma orientação no sentido de buscar economia de custeio”, reforçou. Ao falar sobre a dívida municipal com a União, estimada em R$ 50 bilhões, Haddad disse que apresentará ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, a situação “dramática” da capital, em uma... Leia mais

Executivo da Siemens teve ordem para destruir papéis de conta em Luxemburgo

Sexta-feira 3, janeiro 2014

  O gerente-geral da área de projetos corporativos da Siemens, Sergio de Bona, afirmou em depoimento à Polícia Federal que recebeu instruções para destruir “todo e qualquer documento” relativo à conta bancária secreta que ex-diretores mantinham no grão-ducado de Luxemburgo, um paraíso fiscal. A descoberta da conta pela matriz da Siemens na Alemanha, durante auditoria interna após o escândalo de corrupção mundial na empresa, resultou na demissão de Adilson Primo, então presidente da empresa no Brasil, em outubro de 2011. Primo era um dos proprietários da conta bancária em Luxemburgo, que foi irrigada com cerca de US$ 7 milhões de dinheiro da Siemens na Alemanha e nos Estados Unidos. O vice-chefe do setor de compliance da Siemens na Alemanha, Mark Gough, disse, também em depoimento à PF, haver suspeitas de que a conta era utilizada para pagar propina a agentes públicos no Brasil. Por conter citações de pagamento de propinas a políticos com... Leia mais

Eduardo Campos dá boquinha para os tucanos no governo de Pernambuco

Sexta-feira 3, janeiro 2014

  O governador de Pernambuco e presidenciável, Eduardo Campos (PSB), oficializou ontem a entrada do PSDB em sua administração.  Após uma série de conversas com o deputado federal Sérgio Guerra (PSDB-PE), Campos anunciou que os tucanos assumirão a Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo e a presidência do Detran.  Os cargos eram ocupados pelo PTB, que deixou a base aliada no ano passado e deve enfrentar o candidato de Campos no ano que vem com o apoio do PT.  Pelo arranjo, o PSDB pernambucano passa a apoiar o candidato pessebista ao governo de Pernambuco, cujo nome ainda não foi definido.  O PSDB tem três deputados no Estado que são os principais nomes da oposição na Assembleia. O partido, porém, afirma que eles estão livres para continuar no campo da oposição.  Para Campos, a entrada dos tucanos em sua administração é fruto de “uma relação de muito tempo”. Ele nega tratar-se de benefício em troca de apoio... Leia mais

Renan usa jato da FAB para fazer implante de cabelo em PE

Sábado 21, dezembro 2013

0 presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), usou aeronave da Força Aérea Brasileira para viajar ao Recife, onde, na quinta-feira, fez cirurgia para implantar 10 mil fios de cabelo, informa Andréia Sadi.  É a segunda vez neste ano que Renan usa avião da FAB para fins particulares. Procurada, a assessoria de imprensa do peemedebista não se manifestou. Leia mais

Collor avisa que não disputará o governo de Alagoas em 2014

Sábado 21, dezembro 2013

  O ex-presidente Fernando Collor, hoje no PTB, anunciou ontem que não será candidato ao governo de Alagoas em 2014, mas que irá participar da chapa de oposição. O aviso foi dado na casa dele, em Maceió. Hoje senador, Collor fez uma série de acusações ao governador Teotônio Vilela Filho, do PSDB. Durante o anúncio, Collor declarou que a eleição de 2014 será muito importante para corrigir áreas específicas da administração estadual que enfrentam crise, entre elas a segurança pública. “As pessoas estão com medo de sair de casa. O cotidiano está atormentado porque elas não conseguem conviver com essa insegurança”, disse. QUATRO CANDIDATOS Já estão colocadas quatro candidaturas a governador de Alagoas. Com a saída de Teotônio Vilela Filho para disputar o Senado – e nfrentando o próprio Collor – deve assumir o governo o vice Thomaz Nonô, do DEM. Será candidato natural à reeleição. Além dele, querem disputar o senador... Leia mais

Ex-secretário falastrão deixa Eduardo Campos em situação desconfortável na campanha

Sábado 21, dezembro 2013

Após quatro anos colecionando declarações desastrosas, o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Wilson Damázio, foi finalmente exonerado do cargo. Candidato a presidente da República no próximo ano, o governador do estado, Eduardo Campos (PSB), que sempre o bancou – mesmo nas situações mais embaraçosas -, desta vez, não perdeu tempo. O motivo é claro: eleição presidencial de 2014. No fim do mandato, o pessebista sabe que qualquer sujeira em seu paletó pode prejudicar o sonhado voo nacional. A entrevista que o ex-secretário concedeu ao Jornal do Commercio, publicada na quinta-feira, afirmando, entre outras coisas, que homossexualidade pode ser um desvio de conduta e que mulheres têm fascínio por policiais fardados, extrapolou o que poderia ser apenas um mais constrangimento. Colocou em xeque um governador que diz ser o representante legítimo da nova política. A mudança nas atitudes de Eduardo Campos à frente do governo é percebida facilmente. Agora, às... Leia mais

Propinão tucano será relatado no STF pelo ministro Marco Aurélio Mello

Quinta-feira 19, dezembro 2013

  O inquérito da Siemens que investiga propina no Metrô e na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) mudou de mãos no STF (Supremo Tribunal Federal) e foi enviado ao ministro Marco Aurélio Mello, que agora será o relator do caso. Quando chegou ao tribunal, no último dia 12, ele foi distribuído por sorteio para a ministra Rosa Weber. A troca aconteceu porque Marco Aurélio havia recebido, em agosto, uma reclamação na qual um investigado pedia acesso aos autos do processo, que ainda se encontrava na Justiça em São Paulo. De acordo como regimento interno do STF, quando um ministro atua em determinado caso, todos os novos processos conexos enviados à corte devem ser distribuídos a ele. STF O inquérito relativo à Siemens foi enviado ao Supremo neste mês devido a um depoimento sigiloso prestado à Justiça de São Paulo pelo ex-diretor da Siemens Everton Rheinheimer. No depoimento, Rheinheimer citou como destinatários de propina Edson Aparecido (PSDB), chefe... Leia mais

Testemunha no inquérito da Siemens cita dois secretários do governador Geraldo Alckmin (PSDB) recebedores de propina

Quarta-feira 11, dezembro 2013

  Um novo depoimento da testemunha-chave no inquérito da Siemens cita dois secretários do governador Geraldo Alckmin (PSDB) como recebedores de propina do cartel que atuava no Metrô e na CPTM, o que levou a Justiça federal em São Paulo a enviar a investigação para o Supremo Tribunal Federal. Os políticos citados como tendo recebido suborno do esquema são Edson Aparecido (PSDB), chefe da Casa Civil de Alckmin, Rodrigo Garcia (DEM), secretário de Desenvolvimento Econômico de Alckmin, o deputado federal Arnaldo Jardim (PPS-SP) e o deputado estadual Campos Machado (PTB). Aparecido e Garcia são deputados federais licenciados e só podem ser investigados em inquérito conduzido pelo Supremo. O nome dos quatro foi citado em um depoimento sigiloso pelo ex-diretor da Siemens Everton Rheinheimer, que foi utilizado pelo juiz Marcelo Cavali, de São Paulo, para justificar o envio da investigação para Brasília. O executivo contou à Polícia Federal ter ouvido de um diretor da... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos