Será que finalmente teremos CPI em SP?

Quarta-feira 20, julho 2011

O PT quer usar a CPI da Eletropaulo, que será instalada pela Assembleia paulista em agosto, para estender as investigações a outras distribuidoras que colecionam queixas de consumidores. Com a medida, os petistas pretendem desconstruir o modelo de privatização do setor elétrico paulista, conduzido por Alckmin na gestão de Mario Covas. Leia mais

Polícia aponta mandante de assassinato de casal de extrativistas

Quarta-feira 20, julho 2011

O inquérito da Polícia Civil do Pará sobre a morte do casal de extrativistas José Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, em maio, aponta como mandante do crime José Rodrigues Moreira, dono de terras no assentamento onde eles viviam. Ele é suspeito de ter encomendado a morte para dois homens, cujos retratos falados já haviam sido divulgados no mês passado. Os três devem ser indiciados sob suspeita de duplo homicídio triplamente qualificado. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. José Rodrigues chegou no ano passado ao assentamento Praialta Piranheira, vindo de Novo Repartimento (sudoeste do Pará). Ele comprou duas áreas, o equivalente a cerca de 790 mil metros quadrados. Em dezembro de 2010, o extrativista José Claudio havia declarado à CPT (Comissão Pastoral da Terra) que José Rodrigues comprou as terras da dona de um cartório em Marabá, que teria tomado as áreas... Leia mais

Planalto recebeu enviado de Damasco

Quarta-feira 20, julho 2011

O vice-chanceler sírio, Fayssal Mekdad, esteve de passagem no Brasil nos dois últimos dias para “prestar informações” sobre a onda de protestos e a repressão em seu país. Enviado pelo presidente Bashar Assad, Mekdad foi recebido pelo secretário-geral do Itamaraty, Ruy Nogueira, e pelo assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia. O vice-chanceler teria informado o Brasil sobre a intenção do governo Assad de implementar reformas. Ao mesmo tempo, tentou convencer o governo brasileiro de que a crise em seu país não é tão grave quanto parece. Mekdad não foi recebido pessoalmente pela presidente Dilma Rousseff. Após dar um “relato extenso” sobre a crise na Síria, o enviado de Assad ouviu de Garcia que o Brasil “vê com satisfação” e “encoraja” as reformas anunciadas por Damasco, “sempre respeitando a soberania” do país árabe. Segundo o assessor de Dilma, o governo brasileiro... Leia mais

Grampo flagra negociata da merenda do governo demotucano paulista

Quarta-feira 20, julho 2011

Conversa gravada por contratada da Prefeitura revela reunião “”com todas as empresas”" do setor Diálogos de funcionários do Grupo Geraldo J. Coan grampeados a mando de diretores da própria empresa mostram que as principais fornecedoras de merenda do País montaram um cartel para fraudar a licitação de R$ 200 milhões da Prefeitura de São Paulo. A suspeita é do Ministério Público, que analisa telefonemas interceptados por arapongas que teriam sido contratados pela Coan para monitorar seu quadro de funcionários. As escutas clandestinas estavam arquivadas em CDs que foram confiscados na sede da J. Coan, em Tietê (SP), no dia 1.º de julho de 2010, durante batida realizada pela promotoria e pela polícia. Entre 12 de abril e 9 de maio de 2009, foram interceptadas 1.513 ligações. Algumas gravações teriam sido feitas em 2006, pouco antes da renovação do contrato da merenda escolar com a Prefeitura. Nelas aparece então o diretor comercial da J. Coan,... Leia mais

Confiança mantida

Quarta-feira 20, julho 2011

O otimismo dos empresários brasileiros se manteve em julho, na comparação com junho, segundo o Índice de Confiança do Empresário Industrial, apurado Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador registrou 57,9 pontos, número idêntico ao de junho, mas 5,5 pontos menor que os 63,4 pontos de julho de 2010, e inferior à média histórica de 59,6 pontos. Valores acima de 50 mostram que os empresários estão confiantes e, abaixo de 50, indicam falta de confiança. Leia mais

“Minha Casa, Minha Vida” volta a financiar projetos para baixa renda

Quarta-feira 20, julho 2011

As contratações do programa Minha Casa, Minha Vida para a faixa de renda mais baixa devem ser retomadas nas próximas semanas, segundo a secretária de Habitação do Ministério das Cidades, Inês Magalhães. Essas contratações estão paralisadas desde o começo do ano, pois dependiam da definição dos novos valores-teto das moradias para as famílias com renda de até R$ 1,6 mil, divulgados pelo governo na semana retrasada. De acordo com a secretária, há projetos para cerca de 200 mil moradias destinadas a esse público em análise na Caixa Econômica Federal, que podem ser aprovados no curto prazo. ” Já publicamos todas as portarias necessárias para retomar as contratações”, disse. Empresários do setor da construção criticaram o reajuste dado pelo governo – de R$ 31% — para os preços máximos das moradias de baixa renda do programa. Segundo os investidores, os novos valores – cuja média ficou em R$ 55 mil – não são suficientes... Leia mais

Lula sugere ‘grupos de trabalho’ empresariais

Quarta-feira 20, julho 2011

Lula sugere ‘grupos de trabalho’ empresariais

O ex-presidente  Lula ugeriu a cerca de 200 empresários que formem “grupos de trabalho” para acabar com os gargalos dos setores em que atuam, da mesma forma que seu governo fez com as empresas de energia e petróleo, e levem os projetos ao governo federal. A ideia foi apresentada durante jantar em que Lula foi homenageado na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), na noite de anteontem. A plateia, selecionada pelo próprio Lula, recebeu bem a proposta. Entre os presentes estavam cinco ex-ministros do petista, como Celso Amorim (Relações Exteriores), Miguel Jorge (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e Patrus Ananias (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), além de empresários como Abílio Diniz, do Pão de Açúcar, e Luiza Helena Trajano, dona da Magazine Luiza e cotada pela presidente Dilma Rousseff (PT) para assumir a futura Secretaria das Micro e Pequenas Empresas, que tem status de ministério. Em discurso rápido, o ex-presidente... Leia mais

Lista dos benefícios corrigidos

Quarta-feira 20, julho 2011

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá divulgar na próxima segunda-feira a lista dos segurados que irão receber o aumento da revisão pelo teto entre 1º e 8 de setembro, segundo o Ministério da Previdência. Para saber se será beneficiado, o segurado deverá ligar para o telefone 135, de segunda a sábado, das 7h às 22h. A ligação é gratuita de telefones fixos. Os 117.135 segurados com direito à revisão terão de consultar a lista com o número de benefício. O índice de aumento só poderá ser consultado por volta de 20 de agosto, no extrato bancário disponível no site www.previdencia.gov.br. O aumento médio será de R$ 240, e representa um gasto de R$ 28 milhões mensais.Já os 131.161 segurados com direito a atrasados terão que esperar mais para fazer a consulta, ainda sem data prevista. Leia mais

Eletropaulo é multada em R$ 26 milhões por apagão em São Paulo

Segunda-feira 18, julho 2011

Eletropaulo é multada em R$ 26 milhões por apagão em São Paulo

A Eletropaulo recebeu a maior multa da sua história por problemas no fornecimento da energia entre 2009 e maio de 2010. A empresa foi autuada em mais de R$ 26 milhões pela Arsesp (agência estadual responsável por fiscalizar as empresas que vendem energia em São Paulo). A multa foi publicada no Diário Oficial do Estado do último dia 12 de julho e se refere a uma fiscalização realizada entre 21 de junho e 2 de julho –abrangendo o ano de 2009 até maio de 2010. As irregularidades encontradas na AES Eletropaulo, porém, não foram informadas pela Arsesp. Segundo a agência, “os fatos constituem parte do processo administrativo punitivo que é sigiloso por força de lei”. Em até dez dias, a empresa ainda pode recorrer da decisão junto ao Conselho de Orientação de Energia. Em primeira instância, o recurso deve ser encaminhado à própria Arsesp. Já em segunda instância, a apelação deve ser endereçada à Aneel (Agência Nacional de Energia... Leia mais

Porque as favelas de São Paulo pegam fogo:Pressão imobiliária deixa cidade “ilhada” por favelas

Segunda-feira 18, julho 2011

  A valorização imobiliária de áreas centrais e até de regiões antes tidas como periféricas tem empurrado as favelas de São Paulo para as fronteiras da cidade e contribuído para um “boom” demográfico no seu entorno.Mapa da Secretaria Municipal de Habitação mostra que as favelas formam hoje um cinturão nos limites da cidade, que, muitas vezes, transborda para o entorno. Desde os anos 1990, a região central perde população e a periferia ganha, mas na última década essa expansão avançou pela metrópole.Segundo o Censo 2010, dos 39 municípios da região, 34 cresceram mais que a capital nos últimos dez anos.Pesquisa da Fundação Seade para a Secretaria de Estado da Habitação mostra que, apesar de deter 57% da população da metrópole, a capital tem menos favelas (1.594) que o entorno (1.746).O “extravasamento populacional”, no idioma do IBGE, só não afeta a zona norte, onde a serra da Cantareira se tornou um biombo natural. Já ao... Leia mais

Ex-diretor da Sabesp elevou em 187% valor de seus contratos com a estatal paulista

Segunda-feira 18, julho 2011

Ex-diretor da Sabesp elevou em 187%  valor de seus contratos com a estatal paulista

A empresa Gerentec Engenharia Ltda, que tem como sócio hoje o ex-diretor da Sabesp Umberto Semeghini, elevou em 187% o valor de seus contratos com a estatal paulista no período em que o engenheiro deixou a firma para trabalhar na companhia. Entre junho de 2007 e janeiro deste ano, quando Semeghini comandou a diretoria de Sistemas Regionais da Sabesp, que controla as unidades do litoral e interior do Estado, os negócios com a Gerentec e consórcios dos quais ela fez parte chegaram a R$ 115 milhões, ante cerca de R$ 40 milhões nos nove anos anteriores. Em entrevista, Semeghini afirmou não haver “nenhum conflito de interesses” uma vez que se desligou da Gerentec antes de ser nomeado diretor da Sabesp. Já a estatal informou que o ex-diretor assinou uma declaração assumindo não ter “qualquer interesse conflitante com a empresa” antes de tomar posse. O engenheiro, que é primo do secretário estadual de Gestão, Julio Semeghini, entrou na Gerentec em 1995 e permaneceu em... Leia mais

Paulo Preto vai à festa de deputado tucano

Sábado 16, julho 2011

Paulo Preto vai à festa de deputado tucano

O aniversário do deputado estadual João Caramez (PSDB), no final de junho, na capital, trouxe personagem da campanha eleitoral de 2010 de volta à cena. O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, esteve presente à comemoração, que reuniu outros parlamentares tucanos e o senador Aloysio Nunes Ferreira, que  discursou Na disputa pela Presidência,  a revista Istoé veiculou notícia em que tucanos acusavam o ex-diretor de desviar doações de campanha. Leia mais

Lula na UGT

Sexta-feira 15, julho 2011

O ex-presidente Lula participa hoje do 2º Congresso Nacional da UGT. Fundada em 2007, a UGT foi a única das seis centrais reconhecidas pelo Ministério do Trabalho que não apoiou a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência nas eleições de 2010. Com integrantes da direção nacional filiados em partidos de oposição, a UGT decidiu não apoiar nenhum candidato presidencial, liberando os sindicatos. No congresso, a central apresentará as principais propostas para as áreas de políticas públicas do país. A UGT representa cerca de cinco milhões de trabalhadores. Leia mais

Dilma anuncia dia 2 programa para elevar competitividade das empresas

Sexta-feira 15, julho 2011

O programa Brasil Maior, como deve ser chamado o conjunto de medidas para ampliar a competitividade das empresas nacionais, será lançado pelo governo federal no dia 2 de agosto, em solenidade em Brasília. A presidente Dilma Rousseff definiu a data durante reunião realizada no Palácio do Planalto, na noite de quarta-feira, quando também foi confirmado que a desoneração da folha de pagamentos não integrará o programa. Ao adiar o anúncio por quase duas semanas – o programa seria lançado na quinta-feira, dia 21 -, Dilma atendeu um pedido de Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), que lidera os debates no governo sobre as medidas. Pimentel e Alessandro Teixeira, secretário-executivo da pasta, acompanharam ontem a presidente na cerimônia de posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs). Durante a viagem, Dilma pretendia acertar com Pimentel e Teixeira detalhes das medidas que farão... Leia mais

Justiça retoma R$ 55 milhões de Luiz Estevão

Sexta-feira 15, julho 2011

  Dinheiro que sairá do Grupo OK para os cofres do Tesouro Nacional teria sido desviado da construção de fórum trabalhista em São Paulo, no escândalo de corrupção que ficou conhecido como o Caso Lalau Justiça Federal ordena a transferência de R$ 54,9 milhões da construtora do ex-senador Luiz Estevão para os cofres públicos A Justiça Federal determinou a transferência de R$ 54,9 milhões em créditos do Grupo OK, do ex-senador Luiz Estevão, para os cofres do Tesouro Nacional. A decisão do juiz Ricardo Rocha Castro refere-se a uma parte da dívida de R$ 923 milhões (valor atualizado) dos desvios feitos durante a construção do Fórum Trabalhista de São Paulo, entre 1994 e 1998. As denúncias levaram à prisão do então juiz Nicolau dos Santos Neves, conhecido como Lalau. De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), esse é o maior recolhimento já registrado para a União em casos de recuperação de verbas desviadas por corrupção. Os valores que... Leia mais

Campesinas no palácio

Quinta-feira 14, julho 2011

Trabalhadoras do campo cobram da Presidência a implantação de políticas públicas para as mulheres Com críticas à falta de políticas públicas para as áreas rurais e carência no planejamento do impacto social de grandes obras, uma comissão de cerca de 30 trabalhadoras do campo entregou uma pauta com mais de 100 itens de reivindicações ao secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e representantes de outros ministérios, como Meio Ambiente, Desenvolvimento Agrário e Desenvolvimento Social. Outras cobranças dizem respeito a uma maior atenção à violência praticada contra a mulher no campo, a discussão de um modelo agroecológico e inovações na educação, no financiamento da produção e na ampliação da reforma agrária. O Palácio do Planalto prometeu responder pelo menos parte das cobranças até 16 de agosto, quando ocorre a 4ª Marcha das Margaridas, na Esplanada dos Ministérios. “Nossa expectativa é reunir 100 mil mulheres e... Leia mais

Tinha certeza que o Pagot não iria mentir, diz Paulo Bernardo

Quarta-feira 13, julho 2011

Tinha certeza que o Pagot não iria mentir, diz Paulo  Bernardo

  O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse há pouco que, desde o início,  achava que as declarações atribuídas ao diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura  de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot, a seu respeito não eram verdadeiras. “Desde o início, achava que isso era conversa fiada”, disse o ministro, ao ser questionado sobre os boatos de que Pagot teria dito a parlamentares que era ele, Paulo Bernardo, enquanto ministro do Planejamento, quem pedia aditamentos em obras do Dnit. Segundo Paulo Bernardo, os jornais publicaram apenas informações atribuídas a fontes que não  quiseram se identificar, mas Pagot não confirmou nenhuma delas em seus depoimentos no Congresso Nacional. “Vocês (jornalistas) têm que questionar as fontes. Eu tinha certeza de que o  Pagot não iria mentir”, disse Paulo Bernardo. Antes do depoimento de Pagot a comissões do Senado e Câmara, circularam boatos de que o  diretor-geral do... Leia mais

Em São Paulo, 6 policiais são presos por colocar fogo em morador de rua

Quarta-feira 13, julho 2011

Seis policiais militares (PMs) do 36º BPM (Taboão da Serra), na Grande São Paulo, foram presos nesta terça-feira após indícios de terem ateado fogo em um morador de rua na madrugada de hoje na cidade. Segundo o capitão Luís Antônio, “foram recolhidas provas suficientes para que os policiais fossem autuados em flagrante” por tentativa de homicídio e tortura. Eles estão detidos em uma delegacia da Polícia Civil. Conforme Luís Antônio, os PMs serão encaminhados para o presídio militar Romão Gomes. “Eles foram chamados para atender uma ocorrência de furto a residência no bairro Jardim Triângulo e um tempo depois um morador de rua deu entrada no pronto socorro com queimaduras de 2º e 3º graus. O homem disse que os PMs atearam fogo nele. Dada a gravidade das acusações, investigamos e os policiais disseram que o morador de rua foi queimado quando ia acender um cigarro”, afirmou o capitão Luís Antônio. Os PMs aguardam o final da apuração... Leia mais

Isso pode?. Juiz proíbe “paquera” em praça pública do interior

Quarta-feira 13, julho 2011

O juiz Adriano da Rosa Bastos, titular da Comarca do município de Itaporã, que fica a 277 km de Campo Grande, proibiu a “paquera” e a aglomeração de pessoas no período da noite dos finais de semana na praça central da cidade. A medida editada nesta terça-feira proíbe também o uso de aparelhos de som em volumes excessivos – os aparelhos poderão ser apreendidos – e o consumo de bebidas alcoólicas, seja por adolescentes ou adultos, na região da praça São José de Itaporã. A decisão foi tomada para tranquilizar os moradores do município quanto à segurança e manter a ordem pública, já que a paquera causou inúmeras ocorrências policiais, até mesmo um homicídio, argumenta o magistrado. O juiz já é conhecido por decisões polêmicas. Em 2007, ele proibiu diversos veículos de comunicação de Mato Grosso do Sul de informar a população sobre um caso de estupro em série, que teria como suspeito um jovem de classe média alta de Campo... Leia mais

INSS vai pagar revisão a 117 mil aposentados

Quarta-feira 13, julho 2011

Pagamento de R$ 10 bilhões corresponde à metade da gratificação de aposentados e pensionistas; no mesmo mês, valor reconhecido pela Justiça começa a ser pago para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Em agosto, eles receberão metade do 13.º salário, uma bolada de R$ 10 bilhões a ser creditada em conta nos primeiros dias de setembro. No mesmo mês, 117.135 pessoas que se aposentaram pelo valor máximo de benefícios entre 5 de abril de 1991 e 1.º de janeiro de 2004 receberão um aumento referente a uma diferença, reconhecida pela Justiça, provocada pela aplicação indevida do teto de benefícios. Essa decisão judicial envolve também o pagamento de um estoque de R$ 1,693 bilhão, correspondente à diferença devida durante cinco anos. “As notícias são boas”, disse o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves. Ele informou que se reunirá hoje com representantes do Ministério da Fazenda e da Advocacia-Geral da... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos