Queda de preços da banda larga

Quinta-feira 21, julho 2011

Queda de preços da banda larga

O início do plano de Internet banda larga do governo deve gerar um aumento na oferta do serviço suficiente para pressionar as empresas a cobrarem valores abaixo dos previstos, afirmou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, nesta quinta-feira. “A minha previsão, com toda a sinceridade, é que as empresas não vão conseguir vender a 35 reais (por 1 megabit/segundo), porque vai ter mais oferta. Provavelmente vão ter de baixar (o preço) ou aumentar a velocidade pelo mesmo preço”, disse Bernardo, no programa de rádio do governo “Bom Dia Ministro”. Segundo Paulo  Bernardo, apenas 27 por cento dos domicílios brasileiros têm acesso à Internet e nos próximos 60 dias empresas que firmaram contratos para participar do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) deverão começar a oferecer a conexão de velocidade de 1 Mbit/s por 35 reais. O ministro comentou no programa que os planos do governo devem exigir investimentos de 10 bilhões de reais em... Leia mais

Chegou a hora de gastar

Quinta-feira 21, julho 2011

Chegou a hora de gastar

Diferentemente do primeiro trimestre do ano, quando apenas dois distritais gastaram mais de R$ 30 mil da verba indenizatória, nos últimos três meses dez chegaram perto do teto e um cravou o valor gasto em R$ 33.750. De janeiro a março, os distritais gastaram, juntos, R$ 410.525,43, segundo dados do site da Câmara Legislativa. De abril a junho, o valor chegou a R$ 639.708,44 Aylton Gomes (PR) foi o deputado que menos gastou. Em três meses, ele utilizou apenas R$ 6 mil, quase metade do valor referente a um mês de verba. De acordo com o parlamentar, nesse primeiro momento a verba não foi utilizada porque não houve necessidade, mas ele defende o benefício. “Não gastamos porque não houve a demanda nesses últimos meses. Mas, para o exercício do mandato, a verba é muito importante, principalmente quando precisamos de análises técnicas e consultorias especializadas que a Câmara Legislativa não tem”. Benedito Domingos (PP) foi o único parlamentar que gastou... Leia mais

Movimento pró-Marina reúne de participantes da Marcha da Maconha a empresários

Quinta-feira 21, julho 2011

  Na noite de terça-feira, em um espaço cultural da Vila Madalena, bairro da capital paulista, um jovem vestido com uma camiseta com apologia à Marcha da Maconha direciona-se ao centro da sala. Com tranquilidade, senta-se no chão, pega um microfone e prega: “É preciso entrar em contato com a terra”. Dezenas de pessoas o observam. Todos estão reunidos no evento “Terça-Feira Sonhática”, promovido por apoiadores da ex-senadora Marina Silva. O garoto se apresenta como Fernando, é jardineiro e diz ter largado a universidade por acreditar que cultuava valores errados. “Parei de olhar as coisas superiores e passei a entrar em contato com a terra”, conta. O mote do encontro é discutir uma nova forma de fazer política. Fernando defende que as próximas reuniões sejam nas ruas, para que os militantes possam “abraçar pessoas” e partilhar sentimentos.A “Terça-Feira Sonhática” foi a primeira reunião de apoiadores de... Leia mais

O sonho de José Serra: Vencer Lula na disputa eleitoral

Quinta-feira 21, julho 2011

O ex-governador de São Paulo José Serra acredita que poderá ser candidato a presidente da República outra vez. Avalia que Dilma chegará ao fim do mandato com problemas de popularidade. E, por isso, o ex-presidente Lula precisaria entrar em campo para disputar a Presidência novamente. Segundo o tucano paulista, o ex-governador mineiro Aécio Neves (PSDB) não entraria em uma disputa contra Lula e caberia a ele, Serra, ser candidato novamente. Leia mais

Classes D e E querem produto sofisticado

Quinta-feira 21, julho 2011

O consumo de perfumes, cosméticos e produtos de higiene deve crescer cerca de 5% ao ano em volume até 2015. Já em valor, a expectativa é que os negócios do setor cresçam ao ritmo deflacionado de dois dígitos, passando de R$ 27,3 bilhões em 2010 para R$ 50 bilhões em 2015, sem considerar impostos e a margem de lucro do comércio. As projeções são de uma pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e da consultoria Booz & Co.  A explicação para as cifras crescerem a um ritmo mais rápido que o volume é a preferência crescente do mercado por produtos de maior valor agregado. “O batom tem que ter protetor solar, o sabonete tem que ser hidratante ou antisséptico, a tintura de cabelo não pode ressecar. Os produtos mais simples, que atendiam estritamente à função deles, estão desaparecendo”, relata o diretor-executivo da Abihpec, Manoel Simões.  O consumidor mais exigente não se restringe à... Leia mais

Prefeito é preso em MS suspeito de ordenar morte de vereador

Quarta-feira 20, julho 2011

O prefeito de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), foi preso no início da manhã desta quarta-feira, suspeito de ser o mandante do assassinato do vereador Carlos Antônio Costa Carneiro (PDT), 40 anos, ocorrido em outubro do ano passado em Campo Grande (MS). Também foram presos o presidente da Câmara de Vereadores, Ênio Queiroz (PR), os parlamentares municipais Valter Roniz (PR), Valdeci Lima (PSDB), o comerciante Ademir Luiz Muller e Jurdete Marques de Brito, que teria tido um relacionamento com um dos suspeitos presos pelo crime na época do fato. Os mandados de prisão foram expedidos por um juiz da Capital e cumpridos pela Polícia Civil de Alcinópolis e da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras). Os seis presos foram encaminhados para Campo Grande, onde o caso é investigado. O caso Carlos Antônio Costa Carneiro foi assassinado com três tiros, à luz do dia, na calçada do hotel Vale Verde, na avenida Afonso Pena, no... Leia mais

No Senado, apenas Collor usou verba para segurança no semestre

Quarta-feira 20, julho 2011

Dentre os 81 senadores, apenas Fernando Collor de Mello (PTB-AL) gastou verba indenizatória com segurança no primeiro semestre de 2011. De um total de R$ 97.128,97 (incluindo verbas por aluguéis, locomoção, materiais, divulgação, consultoria e passagens), a quinta maior soma entre os parlamentares, Collor gastou R$ 15.372,62 para se proteger, aponta levantamento do site Congresso em Foco. Leia mais

Lula:Se não cometer erro, não será punido

Quarta-feira 20, julho 2011

Lula:Se não cometer erro, não será punido

Autodenominando-se um “ajudante da presidente Dilma (Rousseff)”, o ex-presidente Lula disse, no final da tarde desta quarta-feira, que os cortes no Ministério dos Transportes podem chegar “a 100, a 1 milhão, a 10 milhões”. Para ele, as pessoas não serão punidas se “não cometerem erros”. Lula deu as declarações na cidade de Feira de Santana, segunda que visita hoje na Bahia. Lula garante que afirmava, na época em que ocupava o Palácio do Planalto, que “se as pessoas agirem com honestidade e decência, todo mundo poderá ser absolvido; se as pessoas cometerem erro, pagam pelos erros que cometerem. Isso vale para a presidente Dilma, valeu para mim e vale para qualquer um”. Lula não quis responder se a crise no Ministério dos Transportes desestabiliza o governo. Junto com o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), Lula visitou as instalações do Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, e seguiu para Salvador,... Leia mais

TJ-RS nega indenização a netos de Yeda

Quarta-feira 20, julho 2011

TJ-RS nega indenização a netos de Yeda

Desembargadores da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul negaram nesta quarta-feira o pedido de indenização requerida pela filha da ex-governadora do Estado, Yeda Crusius (PSDB), em razão manifestação realizada em 6 de julho de 2009 pelo Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (CPERS Sindicato) em frente à casa da família. Na ocasião, manifestantes se posicionaram em frente a casa de Yeda, no bairro Vila Jardim, em Porto Alegre, para pedir o impeachment da então governadora por causa do suposto esquema envolvendo fraudes em contratos de prestação de serviços. Conhecida como Operação Rodin, a ação da Polícia Federal, investigava fraudes envolvendo a Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (Fatec) e Fundação para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação e da Cultura (Fundae) para o Detran. O esquema causou o desvio de aproximadamente R$ 44 milhões dos cofres públicos, segundo estima o Ministério Público. Na... Leia mais

Será que finalmente teremos CPI em SP?

Quarta-feira 20, julho 2011

O PT quer usar a CPI da Eletropaulo, que será instalada pela Assembleia paulista em agosto, para estender as investigações a outras distribuidoras que colecionam queixas de consumidores. Com a medida, os petistas pretendem desconstruir o modelo de privatização do setor elétrico paulista, conduzido por Alckmin na gestão de Mario Covas. Leia mais

Polícia aponta mandante de assassinato de casal de extrativistas

Quarta-feira 20, julho 2011

O inquérito da Polícia Civil do Pará sobre a morte do casal de extrativistas José Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, em maio, aponta como mandante do crime José Rodrigues Moreira, dono de terras no assentamento onde eles viviam. Ele é suspeito de ter encomendado a morte para dois homens, cujos retratos falados já haviam sido divulgados no mês passado. Os três devem ser indiciados sob suspeita de duplo homicídio triplamente qualificado. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. José Rodrigues chegou no ano passado ao assentamento Praialta Piranheira, vindo de Novo Repartimento (sudoeste do Pará). Ele comprou duas áreas, o equivalente a cerca de 790 mil metros quadrados. Em dezembro de 2010, o extrativista José Claudio havia declarado à CPT (Comissão Pastoral da Terra) que José Rodrigues comprou as terras da dona de um cartório em Marabá, que teria tomado as áreas... Leia mais

Planalto recebeu enviado de Damasco

Quarta-feira 20, julho 2011

O vice-chanceler sírio, Fayssal Mekdad, esteve de passagem no Brasil nos dois últimos dias para “prestar informações” sobre a onda de protestos e a repressão em seu país. Enviado pelo presidente Bashar Assad, Mekdad foi recebido pelo secretário-geral do Itamaraty, Ruy Nogueira, e pelo assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia. O vice-chanceler teria informado o Brasil sobre a intenção do governo Assad de implementar reformas. Ao mesmo tempo, tentou convencer o governo brasileiro de que a crise em seu país não é tão grave quanto parece. Mekdad não foi recebido pessoalmente pela presidente Dilma Rousseff. Após dar um “relato extenso” sobre a crise na Síria, o enviado de Assad ouviu de Garcia que o Brasil “vê com satisfação” e “encoraja” as reformas anunciadas por Damasco, “sempre respeitando a soberania” do país árabe. Segundo o assessor de Dilma, o governo brasileiro... Leia mais

Grampo flagra negociata da merenda do governo demotucano paulista

Quarta-feira 20, julho 2011

Conversa gravada por contratada da Prefeitura revela reunião “”com todas as empresas”" do setor Diálogos de funcionários do Grupo Geraldo J. Coan grampeados a mando de diretores da própria empresa mostram que as principais fornecedoras de merenda do País montaram um cartel para fraudar a licitação de R$ 200 milhões da Prefeitura de São Paulo. A suspeita é do Ministério Público, que analisa telefonemas interceptados por arapongas que teriam sido contratados pela Coan para monitorar seu quadro de funcionários. As escutas clandestinas estavam arquivadas em CDs que foram confiscados na sede da J. Coan, em Tietê (SP), no dia 1.º de julho de 2010, durante batida realizada pela promotoria e pela polícia. Entre 12 de abril e 9 de maio de 2009, foram interceptadas 1.513 ligações. Algumas gravações teriam sido feitas em 2006, pouco antes da renovação do contrato da merenda escolar com a Prefeitura. Nelas aparece então o diretor comercial da J. Coan,... Leia mais

Confiança mantida

Quarta-feira 20, julho 2011

O otimismo dos empresários brasileiros se manteve em julho, na comparação com junho, segundo o Índice de Confiança do Empresário Industrial, apurado Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador registrou 57,9 pontos, número idêntico ao de junho, mas 5,5 pontos menor que os 63,4 pontos de julho de 2010, e inferior à média histórica de 59,6 pontos. Valores acima de 50 mostram que os empresários estão confiantes e, abaixo de 50, indicam falta de confiança. Leia mais

“Minha Casa, Minha Vida” volta a financiar projetos para baixa renda

Quarta-feira 20, julho 2011

As contratações do programa Minha Casa, Minha Vida para a faixa de renda mais baixa devem ser retomadas nas próximas semanas, segundo a secretária de Habitação do Ministério das Cidades, Inês Magalhães. Essas contratações estão paralisadas desde o começo do ano, pois dependiam da definição dos novos valores-teto das moradias para as famílias com renda de até R$ 1,6 mil, divulgados pelo governo na semana retrasada. De acordo com a secretária, há projetos para cerca de 200 mil moradias destinadas a esse público em análise na Caixa Econômica Federal, que podem ser aprovados no curto prazo. ” Já publicamos todas as portarias necessárias para retomar as contratações”, disse. Empresários do setor da construção criticaram o reajuste dado pelo governo – de R$ 31% — para os preços máximos das moradias de baixa renda do programa. Segundo os investidores, os novos valores – cuja média ficou em R$ 55 mil – não são suficientes... Leia mais

Lula sugere ‘grupos de trabalho’ empresariais

Quarta-feira 20, julho 2011

Lula sugere ‘grupos de trabalho’ empresariais

O ex-presidente  Lula ugeriu a cerca de 200 empresários que formem “grupos de trabalho” para acabar com os gargalos dos setores em que atuam, da mesma forma que seu governo fez com as empresas de energia e petróleo, e levem os projetos ao governo federal. A ideia foi apresentada durante jantar em que Lula foi homenageado na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), na noite de anteontem. A plateia, selecionada pelo próprio Lula, recebeu bem a proposta. Entre os presentes estavam cinco ex-ministros do petista, como Celso Amorim (Relações Exteriores), Miguel Jorge (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e Patrus Ananias (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), além de empresários como Abílio Diniz, do Pão de Açúcar, e Luiza Helena Trajano, dona da Magazine Luiza e cotada pela presidente Dilma Rousseff (PT) para assumir a futura Secretaria das Micro e Pequenas Empresas, que tem status de ministério. Em discurso rápido, o ex-presidente... Leia mais

Lista dos benefícios corrigidos

Quarta-feira 20, julho 2011

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá divulgar na próxima segunda-feira a lista dos segurados que irão receber o aumento da revisão pelo teto entre 1º e 8 de setembro, segundo o Ministério da Previdência. Para saber se será beneficiado, o segurado deverá ligar para o telefone 135, de segunda a sábado, das 7h às 22h. A ligação é gratuita de telefones fixos. Os 117.135 segurados com direito à revisão terão de consultar a lista com o número de benefício. O índice de aumento só poderá ser consultado por volta de 20 de agosto, no extrato bancário disponível no site www.previdencia.gov.br. O aumento médio será de R$ 240, e representa um gasto de R$ 28 milhões mensais.Já os 131.161 segurados com direito a atrasados terão que esperar mais para fazer a consulta, ainda sem data prevista. Leia mais

Eletropaulo é multada em R$ 26 milhões por apagão em São Paulo

Segunda-feira 18, julho 2011

Eletropaulo é multada em R$ 26 milhões por apagão em São Paulo

A Eletropaulo recebeu a maior multa da sua história por problemas no fornecimento da energia entre 2009 e maio de 2010. A empresa foi autuada em mais de R$ 26 milhões pela Arsesp (agência estadual responsável por fiscalizar as empresas que vendem energia em São Paulo). A multa foi publicada no Diário Oficial do Estado do último dia 12 de julho e se refere a uma fiscalização realizada entre 21 de junho e 2 de julho –abrangendo o ano de 2009 até maio de 2010. As irregularidades encontradas na AES Eletropaulo, porém, não foram informadas pela Arsesp. Segundo a agência, “os fatos constituem parte do processo administrativo punitivo que é sigiloso por força de lei”. Em até dez dias, a empresa ainda pode recorrer da decisão junto ao Conselho de Orientação de Energia. Em primeira instância, o recurso deve ser encaminhado à própria Arsesp. Já em segunda instância, a apelação deve ser endereçada à Aneel (Agência Nacional de Energia... Leia mais

Porque as favelas de São Paulo pegam fogo:Pressão imobiliária deixa cidade “ilhada” por favelas

Segunda-feira 18, julho 2011

  A valorização imobiliária de áreas centrais e até de regiões antes tidas como periféricas tem empurrado as favelas de São Paulo para as fronteiras da cidade e contribuído para um “boom” demográfico no seu entorno.Mapa da Secretaria Municipal de Habitação mostra que as favelas formam hoje um cinturão nos limites da cidade, que, muitas vezes, transborda para o entorno. Desde os anos 1990, a região central perde população e a periferia ganha, mas na última década essa expansão avançou pela metrópole.Segundo o Censo 2010, dos 39 municípios da região, 34 cresceram mais que a capital nos últimos dez anos.Pesquisa da Fundação Seade para a Secretaria de Estado da Habitação mostra que, apesar de deter 57% da população da metrópole, a capital tem menos favelas (1.594) que o entorno (1.746).O “extravasamento populacional”, no idioma do IBGE, só não afeta a zona norte, onde a serra da Cantareira se tornou um biombo natural. Já ao... Leia mais

Ex-diretor da Sabesp elevou em 187% valor de seus contratos com a estatal paulista

Segunda-feira 18, julho 2011

Ex-diretor da Sabesp elevou em 187%  valor de seus contratos com a estatal paulista

A empresa Gerentec Engenharia Ltda, que tem como sócio hoje o ex-diretor da Sabesp Umberto Semeghini, elevou em 187% o valor de seus contratos com a estatal paulista no período em que o engenheiro deixou a firma para trabalhar na companhia. Entre junho de 2007 e janeiro deste ano, quando Semeghini comandou a diretoria de Sistemas Regionais da Sabesp, que controla as unidades do litoral e interior do Estado, os negócios com a Gerentec e consórcios dos quais ela fez parte chegaram a R$ 115 milhões, ante cerca de R$ 40 milhões nos nove anos anteriores. Em entrevista, Semeghini afirmou não haver “nenhum conflito de interesses” uma vez que se desligou da Gerentec antes de ser nomeado diretor da Sabesp. Já a estatal informou que o ex-diretor assinou uma declaração assumindo não ter “qualquer interesse conflitante com a empresa” antes de tomar posse. O engenheiro, que é primo do secretário estadual de Gestão, Julio Semeghini, entrou na Gerentec em 1995 e permaneceu em... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos