No confessionário do BBB, assim foi a entrevista de Palocci

Segunda-feira 6, junho 2011

Para se ver a que ponto do fundo do poço, desprovido de racionalidade, chega o “noticiário político” no Brasil. A entrevista de Palocci no Jornal Nacional teve o efeito daqueles Big Brother (BBB), que são colocados no “paredão” e vão para o “confessionário”, falar frente à câmera da TV. Há quem ache que ele se saiu bem, e há quem ache que se saiu mal. Quem já julgou, condenou e nunca quis aceitar qualquer que fosse a explicação sobre o ministro, acha que a entrevista foi ruim. Teve gente que escreveu isso antes mesmo da entrevista ir ao ar. Este é o mesmo comportamento dos telespectadores do BBB que querem eliminar o participante do programa desde o começo. Notícia é fato. Não é novela da escolha entre a palavra de quem acusa contra a palavra de quem se defende. Quem acompanhou o noticiário político atentamente nestes últimos dias com frieza racional, e entende que notícia é fato, e não a escolha entre a palavra de quem... Leia mais

Dilma receberá Hugo Chávez

Segunda-feira 6, junho 2011

Dilma receberá Hugo Chávez

A presidente Dilma Rousseff recebe  hoje o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. É o primeiro encontro dos dois chefes de Estado desde a posse de Dilma, em janeiro.Chávez, que foi recebido 16 vezes pelo então Presidente Lula, de 2003 a 2010, usará a visita para mostrar sintonia com o governo Dilma, observam assessores do Planalto. A visita terá caráter meramente protocolar, avaliam auxiliares de Dilma.Os dois presidentes deverão assinar apenas acordos formais em parceria já consolidada na área de fronteira. Em nota, o Itamaraty observou que o encontro de Dilma e Chávez ocorre em momento de “recuperação” do comércio bilateral, após retração em 2009, em decorrência da crise financeira internacional. Dados do Itamaraty indicam que, em 2010, o comércio bilateral totalizou US$ 4,6 bilhões – um aumento de 11,8% em relação ao ano anterior. O Brasil exportou US$ 3,8 bilhões e importou US$ 832 milhões. Hugo Chávez, anunciou na semana... Leia mais

Acordo entra em prática

Segunda-feira 6, junho 2011

Brasil e Argentina começaram a colocar em prática a promessa de agilizar a liberação dos produtos parados na fronteira. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior informou que na sexta-feira passada, um dia depois do acordo, autorizou a entrada no País de mais de 11 mil automóveis argentinos. Em contrapartida, Buenos Aires afirmou ter liberado US$ 4,3 milhões em calçados brasileiros, US$ 2 milhões em máquinas agrícolas, US$ 4,3 milhões em pneus e US$ 3 milhões em freios e embreagens. A relação entre os dois países sempre foi cheia de conflitos por causa das constantes restrições que o governo argentino impõe a produtos brasileiros. Mas em meados do mês passado, a tensão ficou maior depois que o Brasil decidiu tirar do canal de liberação automática as importações de automóveis. A medida atingiu principalmente a Argentina, principal fornecedora de carros importados ao Brasil, e foi vista em Buenos Aires como uma... Leia mais

Geraldo Alckmin aparelha estatais com aliados derrotados pelo povo nas eleições

Segunda-feira 6, junho 2011

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) virou abrigo de políticos correligionários do tucano ou de partidos aliados que foram reprovados nas urnas em 2010. Ao menos sete candidatos a deputado federal ou estadual que não conseguiram se eleger em outubro ganharam cargos no primeiro e segundo escalões da administração estadual ou em conselhos de estatais paulistas. E a lista ainda pode aumentar. Um dos últimos a conseguir refúgio no governo tucano foi o ex-deputado federal Fernando Chucre (PSDB). Malsucedido na campanha de reeleição, ele foi nomeado por Alckmin no final de abril como coordenador-geral do Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar, no lugar do coronel da reserva Elizeu Eclair Teixeira Borges, indicado pelo ex-governador José Serra (PSDB) em 2009. Colega de Chucre na bancada tucana da Câmara dos Deputados até o ano passado, o ex-deputado federal Lobbe Neto virou presidente da Fundação Prefeito Faria Lima (Cepam), que coordena estudos e... Leia mais

Ex-presidente Lula recebe prêmio TOP Etanol no dia 6 de junho

Domingo 5, junho 2011

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será o homenageado na noite de gala do 2º Prêmio TOP Etanol, marcado para o dia 6 de junho, a partir das 19h30, no hotel Grand Hyatt, em São Paulo (SP). A escolha do seu nome pela da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) está relacionada ao esforço de divulgação e desenvolvimento da indústria sucroenergética durante o seu governo. Durante o seu governo aconteceram também iniciativas importantes para o desenvolvimento sustentável e melhoria da condição dos trabalhadores do setor, como o Zoneamento Agroecológico e o Compromisso Nacional para melhores práticas do trabalho nos canaviais.O 2º Prêmio Top Etanol acontecerá no mesmo espaço do Ethanol Summit 2011 Leia mais

Prefeito do PSDB é preso por suspeita de tráfico de drogas

Domingo 5, junho 2011

  O prefeito de Abre Campo, na Zona da Mata, Davis Antônio Cardoso Júnior (PSDB), 36 anos,  foi preso na tarde desta sexta-feira em Rio Casca, na mesma região, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. De acordo com a Polícia Militar, ele e o assessor Cláudio Márcio Lima Bicalho, de 39 anos, foram presos no carro oficial da prefeitura quando já estavam na BR-262, saindo da cidade. Segundo informações da Polícia Militar, ao serem abordados, o assessor, que estava no banco do carona, jogou um saco plástico pela janela do veículo, onde os militares encontraram nove pedras de crack. O traficante que forneceu a droga para Davis foi identificado como Paulo Henrique Amélio Moreira, de 28 anos, e foi preso em casa, no Bairro Cruzeiro. Ainda segundo a PM, a casa do traficante já estava sendo investigada, pois a movimentação até a casa do traficante. O flagrante foi feito depois que a polícia viu o carro da prefeitura, com o prefeito ao volante na... Leia mais

Humala, identificado com Lula, deve vencer no Peru

Domingo 5, junho 2011

Depois de Lula, Kirchner, Evo Morales, Hugo Chavez, mais um presidente com alma e orgulho de ser latino-americano deve chegar a presidência, neste domingo no Peru. Outros presidentes do passado recente na região, achavam que a capital de fato de seu país era Miami – ou Washington, no caso do Brasil de FHC – e que o idioma oficial da presidência era o inglês. O nacionalista Ollanta Humala desponta como o mais provável vencedor, apesar das pesquisas registrarem uma diferença apertada. Os indicativos que pesam a favor de Humala são: - A última pesquisa abriu diferença de 3,8% nos votos úteis: Humala: 51,9% x 48,1% Keiko Fujimori; - A curva de Humala nas pesquisas é ascendente, a de Keiko é descendente; - A maioria dos indecisos devem votar em Humala, porque ele tem a preferência entre os mais pobres, e são estes os mais desconfiados e amedrontados para revelar seus votos. Eleição e mineração só depois da apuração, mas os sinais favorecem a vitória de... Leia mais

Mais impunidade no país da impunidade

Domingo 5, junho 2011

  Mudanças na legislação aprovadas pelo Congresso estabelecem punições menos rigorosas para políticos investigados por falta de ética, desmatadores ilegais e criminosos. No Judiciário, decisão do STF pode diminuir o alcance da Lei da Ficha Limpa nas eleições do ano que vem Mudanças em legislações diversas aprovadas ou em análise no Congresso amenizam punições para políticos, anistiam desmatadores e criam medidas alternativas à prisão no Código Penal   No lugar da cassação, parlamentares julgados no Conselho de Ética da Câmara poderão ser punidos com penas alternativas, como suspensões ou censuras provisórias. Em vez de multas, produtores e fazendeiros que desmataram ilegalmente áreas de proteção ambiental poderão ter seus delitos perdoados. E, nos tribunais e varas criminais, as prisões em flagrante e os pedidos de prisões preventivas poderão ser substituídos por medidas cautelares, como a proibição de frequentar... Leia mais

Kassab procura Palocci e admite que dados da Projeto podem ter saído da Prefeitura

Domingo 5, junho 2011

  Prefeito teria admitido a ministro que dados da Projeto podem ter saído da Prefeitura, mas depois recuou; agora, vê conspiração do Planalto contra ele Com os holofotes voltados para a Prefeitura de São Paulo após o vazamento de dados fiscais do ministro Antonio Palocci (Casa Civil), o prefeito paulistano, Gilberto Kassab, atua para neutralizar o desgaste com o Palácio do Planalto e diminuir a fritura junto a presidente Dilma Rousseff.De acordo com interlocutores, Kassab vê em Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) um dos responsáveis por alimentar a tese de que as informações sobre a receita da Projeto, consultoria criada por Palocci, vazaram da Prefeitura paulistana por meio de dados do ISS (Imposto sobre Serviço). O prefeito conversou com o ministro por telefone. Os dois já haviam se falado antes do vazamento. Na oportunidade, Palocci pediu cuidado com as informações de sua consultoria.Na segunda conversa, conforme relato de Palocci a... Leia mais

Câmara decide se vai cassar 3 vereadores

Sábado 4, junho 2011

Após 12 anos, a Câmara Municipal vai decidir se abre processo para cassar ou suspender o mandato de três vereadores acusados de quebra de decoro. A Corregedoria da Casa acusa Netinho de Paula (PC do B), Antonio Goulart (PMDB) e Ushitaro Kamia (DEM) de mau uso do dinheiro público. Os relatórios serão votados na terça-feira em plenário. São necessários 28 votos dos 55 parlamentares para cada caso ser admitido como um processo. Acusado de usar notas frias para justificar gastos com a verba de gabinete, caso revelado pelo JT em 2010, Netinho teve pena de 30 a 90 dias de suspensão do mandato indicada pelo relator do caso na Corregedoria, Antonio Carlos Rodrigues (PR). Mas a pena pode ser agravada para um pedido de cassação, caso o plenário aceite abrir processo contra o comunista, que é 1º secretário da Mesa e pré-candidato à Prefeitura em 2012. A defesa do parlamentar argumenta que, juridicamente, a pena da suspensão não poderá ser agravada. “O... Leia mais

A Doutrina do Choque: As raízes do choque de gestão demotucano

Sábado 4, junho 2011

A Doutrina do Choque: As raízes do choque de gestão demotucano

O excelente documentário “A Doutrina do Choque: A Ascensão do Capitalismo do Desastre”, baseado no livro de Naomi Klein, descreve como a exploração social e econômica do neoliberalismo, foi utilizado em catástrofes, guerras e crises financeiras. A “Doutrina do Choque” contém as bases do “Choque de Gestão” demo-tucano aplicado nos governos de Aécio Neves e Antonio Anastasia, Geraldo Alckmin, José Serra, Yeda Crusius, Jaime Lerner e Beto Richa, Fernando Henrique Cardoso, e outros que aplicaram o neoliberalismo. A parte 5 é, talvez, a mais chocante, porque mostra o que aconteceu quando levado às últimas consequências (no Iraque), e o futuro que os EUA e Europa vislumbram para a Líbia. Mas o documentário mostra que o extremismo da Doutrina do Choque cometido no Iraque foi o mesmo aplicado anos antes no Chile, no golpe de Pinochet. Vale a pena assistir a íntegra deste documentário, para entender melhor o risco que representa a Doutrina... Leia mais

Mais uma plataforma de petróleo nacional… Brasil Sem Miséria… e a imprensa disse que o governo e o país estava “paralisado”.

Sexta-feira 3, junho 2011

Enquanto a imprensa repercutia o samba de uma nota só da oposição por semanas, querendo transformar a saia-justa do enriquecimento privado de Palocci fora do governo, em “crise” institucional… o governo da presidenta Dilma trabalhava ao lado dos 190 milhões de brasileiros. Estava em construção o ambicioso programa Brasil Sem Miséria. Uma evolução dos programas sociais, onde o carro-chefe é o Bolsa-família, visando resgatar até o último brasileiro que ainda vive abaixo da linha de pobreza. O plano veio a público ontem, e na platéia, batendo palmas, estava até o presidente do Banco Mundial, Robert Zoelick, interessado em copiar os programas brasileiros para levar aos países africanos. Hoje foi a vez da plataforma de petróleo P-56 ser inaugurada em um estaleiro brasileiro, em Angra dos Reis (RJ), construída por brasileiros, para a Petrobras. Só esta plataforma produzirá mais 100 mil barris petróleo por dia e mais 6 milhões de metros cúbicos de... Leia mais

Dilma vai batizar P-56 em Angra

Sexta-feira 3, junho 2011

  Em sua primeira visita oficial ao Estado do Rio de Janeiro após sua posse, a presidente Dilma Rousseff vai batizar hoje em Angra dos Reis a plataforma P-56, que tem um índice de conteúdo nacional de cerca de 73%, o maior já obtido em um equipamento do gênero no país. A solenidade tem um certo simbolismo: a P-56 é clone das plataformas P-51 e P-52, que seriam construídas no exterior, mas tiveram suas licitações suspensas pelo então Presidente Lula no início do seu primeiro mandato. O gerente de Implementação de Empreendimentos de Marlim Sul da Petrobras, Roberto Moro, explicou que, embora alguns equipamentos tenham sido importados, a plataforma foi totalmente construída no país e custou US$1,5 bilhão. - A P-56 tem um índice de nacionalização de cerca de 10% superior à P-52. É a primeira vez que o casco de uma plataforma é feito no país. Com capacidade de produzir 100 mil barris por dia de petróleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás... Leia mais

Sem retratação

Sexta-feira 3, junho 2011

O ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido de retratação feito por Jader Barbalho (PMDB-PA) na decisão do plenário que aplicou a Lei da Ficha Limpa no seu caso. Em outubro do ano passado, a maioria dos ministros do Supremo entenderam que Barbalho estaria inelegível com base na lei. Posteriormente, o plenário entendeu que as previsões de inelegibilidade nela contidas não poderiam ser aplicadas para as eleições de 2010, sendo válidas apenas a partir das eleições de 2012. Com isso, Barbalho recorreu ao ministro Joaquim Barbosa para que, em decisão monocrática, o relator se retratasse. Para Barbosa, o pedido não tem amparo legal. Segundo ele, o juízo de retratação pode ocorrer nos casos sobrestados (que aguardam julgamento) quando o mérito do recurso extraordinário já tiver sido julgado. Leia mais

PSDB teme custo eleitoral de fala de FHC sobre maconha

Sexta-feira 3, junho 2011

  Na campanha da eleição de 1885 contra o Jânio Quadro, FHC declarou que em meados dos anos 60 fumou maconha, por isso, Jânio disse que ele poderia incluir a maconha na merenda escolar. Resultado: perdeu a eleição para a prefeito de São Paulo. Agora, com o intuito de cativar votos dos jovens nas próximas eleições, Fernando Henrique Cardosoquer a liberação da maconha, até aconselha que se faça plantação caseira. No entanto, enquanto estava ocupando a presidência da república defendia a repressão às drogas. Segundo matéria publicado hoje na Folha, os tucanso estão com medo da fala de FHC O discurso do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pela descriminalização da maconha tornou-se uma preocupação eleitoral para alguns dos principais nomes de seu partido, o PSDB.A defesa da adoção de políticas alternativas para usuários de drogas ganhará mais destaque a partir de hoje com a estreia do documentário “Quebrando o Tabu”, que é... Leia mais

Para Katia Abreu, assassinato de camponeses é “comum”

Sexta-feira 3, junho 2011

A senadora Kátia Abreu (ex-DEMos/TO) e o deputado federal ruralista Moreira Mendes (PPS-RO), criticaram a mobilização federal para proteger a vida de camponeses na Amazônia, e a repercussão que teve os quatro assassinatos recentes. Segundo a senadora, a violência no campo é resultado de “invasões de propriedades privadas”… mas ela se esquece que os líderes extrativistas no Pará não tinham invadido nada, e mesmo que “invadissem”, ninguém tem o direito de matá-los. A ruralista continuou: “Isso é oportunismo. É querer usar uma situação trágica, que é inaceitável para todos nós, e culpar uma lei ambiental ou um Código Florestal… É lamentável que estejamos diante de uma situação como essa, mas no Brasil a segurança pública tem sido um problema nacional” (ora… como se um casal de camponeses pobres despertassem interesse em ladrões e bandidos comuns). O deputado Moreira Mendes, falando como líder da bancada... Leia mais

Anatel aprova telefone popular a RS 13,80

Quinta-feira 2, junho 2011

O conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou nesta quinta-feira (2) a terceira revisão do PGMU (Plano Geral de Metas de Universalização), que reúne as diretrizes para expansão da telefonia fixa para até 2015. Uma das medidas do plano aprovado hoje está a oferta de plano básico de assinatura de telefonia fixa para baixa renda a RS 13,80. O público alvo é o universo de 13 milhões de beneficiários do Bolsa Família. As empresas também se comprometem a expandir a telefonia fixa na zona rural, em escolas e postos de saúde em todo o país. O plano deveria ter entrado em vigor em janeiro deste ano, junto com a assinatura de novos contratos com as concessionárias de telefonia. Desentendimentos entre empresas e governo sobre metas de expansão de infraestrutura de banda larga, fontes de financiamento e telefonia rural atrasaram a negociação. O texto aprovado hoje cede em alguns pontos para as empresas, que não queriam investir na... Leia mais

Marize sai do Bolsa-Família para presidência de Cooperativa

Quinta-feira 2, junho 2011

Marize sai do Bolsa-Família para presidência de Cooperativa

2003 – Marize Rodrigues, 40 anos, casada, mãe de quatro filhos, ingressou no Bolsa-Família. Depois integrou o Projeto Oficina Escola, iniciativa da Prefeitura de Osasco, na Grande São Paulo. 2007 – junto com outras companheiras, formalizou a Cooperativa de Costura Osasco, que agora preside e reúne 14 mulheres. 2011 – em maio, Marize se desligou Bolsa-Família por já ter condições de se manter financeiramente. Hoje (02/junho), no lançamento do Brasil sem Miséria, ela discursou no Palácio do Planalto ao lado Presidenta Dilma: “Estou falando de presidente para presidente” … “Por meio do Bolsa-Família, tive acesso a vários outros serviços. Terminei o ensino médio e estou estudando inglês”, acrescentou. Leia mais

Brasil sem miséria resgatará os últimos brasileiros que ficaram para trás

Quinta-feira 2, junho 2011

Brasil sem miséria resgatará os últimos brasileiros que ficaram para trás

Mesmo com os 28 milhões de brasileiros que saíram da pobreza absoluta e os 36 milhões que entraram na classe média, durante o governo Lula, ainda há pessoas até sem certidão de nascimento no Brasil, e o IBGE identificou cerca de 16,2 milhões que vivem com menos R$ 70 por mês de renda per-capta. São as pessoas tão desamparadas que nem o Bolsa-família chega a eles, ou chega, mas a vida é tão precária que aquilo que deveria ser complemento de renda, não garante R$ 70 por mês para cada membro da família. O plano Brasil sem Miséria, lançado pela Presidente Dilma e pela Ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, irá atrás destas pessoas como se faz em uma operação de resgate e salvamento. O plano é amplo e visa também a geração de trabalho e renda. Tem dois focos: um na pobreza no campo, e outro na cidade. No campo onde se encontra 47% dos casos de pobreza extrema: - cada grupo de mil famílias terá a assistência de um técnico de nível superior... Leia mais

Suprema ganância: Congresso quer o mesmo salário do STF

Quinta-feira 2, junho 2011

Proposta de Emenda Constitucional aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara pretende equiparar definitivamente os vencimentos de deputados, de senadores e do Executivo aos do Supremo Tribunal Federal (STF). Na prática, os parlamentares, assim como o presidente da República, receberiam os mesmos aumentos dos magistrados. A medida evitaria o desgaste político da votação de projetos para a concessão dos reajustes. Os ministros do STF ganham hoje R$ 26.723, mas reivindicam a elevação desse valor para R$ 30.675 Deputados aprovam na CCJ proposta que equipara salários de congressistas e do Executivo aos dos ministros do STF. E já tramita na Casa um projeto de elevar os vencimentos da Corte   Os deputados federais querem acabar com o desgaste diante da opinião pública em torno dos reajustes dos próprios salários, sem no entanto deixarem de inchar as contas bancárias todos os anos. Encontraram a saída em uma Proposta de Emenda... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos