Dois anos depois, MPF fará diligências sobre caso Alstom

Sábado 2, novembro 2013

  O Ministério Público Federal em São Paulo promoverá, na próxima semana, diligências para apurar denúncias de lavagem de dinheiro e corrupção ativa de agentes públicos por parte da empresa francesa Alstom. Após negociação intermediada pela Secretaria de Cooperação Jurídica Internacional do MPF, o Ministério Público da Suíça renovou, nesta semana, pedido feito originalmente em 2011. A investigação suíça apurava o envolvimento dos consultores Arthur Teixeira, Sérgio Teixeira e José Amaro Pinto Ramos no pagamento de propinas a José Zaniboni, ex-diretor da empresa de trens metropolitanos do estado de São Paulo, a CPTM. O procurador responsável no Brasil é Rodrigo de Grandis. De acordo com o MPF, as diligências não ocorreram porque o pedido “foi arquivado erroneamente em uma pasta de documentos auxiliares, quando deveria ser juntado junto ao processo de cooperação internacional”. Na nota em que confirmou as diligências, o MPF afirmou também... Leia mais

Justiça manda mulher de Fortunati deixar secretaria

Sábado 2, novembro 2013

  A Justiça do Rio Grande do Sul determinou que a mulher do prefeito de Porto Alegre deixe o cargo de secretaria Municipal dos Direitos dos Animais. A liminar atende pedido do Ministério Público Estadual, que afirma que a nomeação de Regina Becker, feita por José Fortunati (PDT) em março deste ano, viola a súmula vinculante número 13, do Supremo Tribunal Federal, que trata de nepotismo. A decisão foi tomada pelo juiz de Direito Martin Schulze, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central de Porto Alegre, na tarde de sexta-feira, 1, e dá prazo de cinco dias, a partir da notificação, para a exoneração. Leia mais

Mais 3.000 médicos cubanos vão desembarcar no País

Sábado 2, novembro 2013

  Mais 3.000 médicos cubanos chegam ao Brasil a partir desta segunda-feira, 4, para ocupar vagas remanescentes da segunda etapa do Programa Mais Médicos, informou, neste sábado, 2, o Ministério da Saúde. A maior parte desses profissionais, 2.600 médicos, desembarcará no País até o dia 10 de novembro nas capitais onde vão cursar o módulo de avaliação do programa. A chegada dos 400 restantes está prevista para a semana seguinte. Os profissionais vão preencher as vagas, de acordo com o Ministério da Saúde, que não foram ocupadas por candidatos brasileiros e demais estrangeiros. Os 3.000 médicos cubanos devem começar a atuar nos municípios em dezembro. No total, o programa deverá beneficiar mais 10,3 milhões de pessoas que habitam regiões carentes como o interior e periferias de grandes cidades brasileiras. Até março de 2014, a meta do governo federal é atender a demanda por 12.996 médicos. Estão previstas ainda novas seleções neste ano. O programa Mais... Leia mais

Vice do PSB ataca conselheiros econômicos da aliada Marina

Sexta-feira 1, novembro 2013

  Um artigo do vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, abriu um novo foco de conflito na relação do partido do governador Eduardo Campos com a Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva. Em texto publicado no site da revista “Carta Capital” e inicialmente replicado no site do PSB, Amaral ataca os dois principais ideólogos econômicos de Marina: André Lara Resende e Eduardo Giannetti da Fonseca. E também defende os governos de Lula e de Dilma Rousseff. No texto, Amaral, ex-ministro de Lula, afirma que “o adversário estratégico” dos socialistas em 2014 é o “campo conservador, que trabalha sob o marco da tragédia que foi o governo neoli-beral de FHC (Fernando Henrique Cardoso), definido como exemplar por Mailson (da Nó-brega), (Pedro) Malan, Armínio Fraga, Lara Rezende, Giannetti e outros, incensados no cotidiano pela mídia vassala” Apesar da contundência do artigo, a ordem nos dois lados era não alimentar mais essa... Leia mais

Lula será cabo eleitoral em tempo integral

Sexta-feira 1, novembro 2013

  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá agenda própria e participação direta na coordenação da campanha.. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá agenda própria e participação direta na coordenação da campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff. Trata-se de um fato inédito na história republicana. O único outro líder popular e carismático da história, o ex-presidente Getúlio Vargas, apoiou a eleição do marechal Eurico Gaspar Dutra, na virada do Estado Novo para a Segunda República (1945-1964), mas à distância, do exílio de sua fazenda em São Borges (RS) e já no final da campanha. A participação direta de um ex-presidente em apoio a uma candidata que o sucedeu no cargo é uma singularidade. E Lula parece muito à vontade nessa posição, por mais que em algumas circunstâncias ela possa provocar um curto-circuito, como ocorreu agora no debate sobre a autonomia do Banco Central. Nos bastidores, Lula estimulou senadores a... Leia mais

O trem tucano

Quinta-feira 31, outubro 2013

  Nas investigações sobre a CPTM, um escândalo engata-se a outro, e a omissão das autoridades paulistas tem garantido a impunidade geral Tornam-se cada vez mais comprometedoras as notícias em torno da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e seus contratos milionários. As suspeitas incidem sobre sucessivos governos tucanos no Estado. O caso já é antigo, mas foi reavivado recentemente pela empresa alemã Siemens, que, em troca de imunidade nas investigações, levou às autoridades brasileiras documentos que indicam a existência de um cartel no sistema metroferroviário paulista –com a partilha de encomendas e elevação de preço das concorrências. Ao menos seis licitações teriam sido fraudadas, segundo documentos internos da Siemens, que apontavam conluios durante as administrações de Mário Covas, Geraldo Alckmin e José Serra. Diante das denúncias, o governador Alckmin não apenas anunciou diligências –que se revelaram bem menos... Leia mais

Ex-funcionários da gestão Kassab são presos após investigação de Haddad

Quarta-feira 30, outubro 2013

Quatro ex-funcionários da Prefeitura de São Paulo foram presos hoje acusados de um desvio milionário que pode chegar a pelo menos R$ 500 milhões. O Ministério Público comprovou um rombo de R$ 200 milhões ao longo de três anos. Mas a prefeitura estima que a fraude chegue a R$ 500 milhões pelo tempo em que o grupo atuou no esquema desvendado. A operação, realizada hoje de manhã e apelidada de “Necator” (um tipo de parasita) pela prefeitura, tem potencial explosivo: iniciada pela administração de Fernando Haddad (PT-SP), ela atinge em cheio a cúpula das finanças da gestão de seu antecessor, Gilberto Kassab (PSD-SP). Ele é aliado de Dilma Rousseff no governo federal. A operação faz parte da ação ‘Acerto de Contas’, que será implementada por Haddad. Um dos acusados das supostas falcatruas é o ex-subsecretário da Receita Municipal Ronilson Bezerra Rodrigues. Outro é Eduardo Barcelos, diretor de arrecadação do mesmo órgão. Eles eram da... Leia mais

CPI paulistana insiste em ouvir comando da Alstom

Sexta-feira 25, outubro 2013

  Presidente da empresa obteve liminar para evitar depoimento; PT fará novo requerimento A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Câmara Municipal de São Paulo vai insistir na convocação do atual presidente da Alstom, Marcos Costa, para depor sobre o cartel dos trens. O presidente da CPI, vereador Paulo Fiorilo (PT), disse ontem que vai tentar derrubar a liminar obtida na Justiça pelo empresário na semana passada. Essa liminar desobrigou o executivo de comparecer diante dos vereadores. A necessidade de ouvir o presidente da multinacional francesa foi reforçada, segundo integrantes da CPI, após o Estado ter publicado reportagem ontem sobre um e-mail enviado em 2004 pelo então presidente daAlstom, José Luiz Alquéres, a dirigentes da multinacional no qual “recomendava enfaticamente” os serviços do consultor Arthur Teixeira, apontado pelo Ministério Público como lobista e pagador de propinas a servidores de estatais do setor... Leia mais

Gilberto Carvalho: modelo de privatização do PSDB foi ‘entreguista e corrupto’

Quinta-feira 24, outubro 2013

  Em resposta às críticas da oposição ao resultado do leilão de Libra, o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse nesta quinta-feira que o modelo de privatização adotado pelo governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi “entreguista” e “corrupto”. Por outro lado, segundo ele, o sistema de partilha para a exploração do pré-sal consumado nesta semana respeita a soberania e o patrimônio público. Acho que se tenta carimbar desesperadamente em nós uma marca de privatização ao modelo anterior, que foi entreguista e que, além da corrupção praticada, que todos nós sabemos hoje de maneira clara, alienou bens públicos. É o caso da Vale do Rio Doce, e a tendência era de fazer isso com outras empresas, como a Petrobras e o Banco do Brasil. Não adianta querer nos nivelar, porque nossa filosofia é outra, é de respeito à soberania e ao patrimônio público — declarou Carvalho, que esteve em São Paulo para... Leia mais

Charuteira, Ex-diretora da Anac, é candidata à Presidência da República em 2014

Quinta-feira 24, outubro 2013

  Criado há menos de um ano e meio, o Partido Ecológico Nacional (PEN) já tem dois pré-candidatos à Presidência da República em 2014. A ex-diretora da Agência Nacional de Aviação (Anac) Denise Abreu deixou clara à direção do partido sua intenção de disputar no próximo ano e disse ter apoio dentro da sigla. O presidente nacional da legenda, Adilson Barroso, no entanto, apoia o lançamento do empresário da área de telecomunicações Bertolino Ricardo Almeida, cuja pré-candidatura está prevista para ser lançada em meados de novembro. Ré no caso do acidente do Airbus da TAM em 2007, Denise disse ter “total disposição” em disputar a eleição presidencial e afirmou que “promete fazer a vontade popular” se for escolhida como candidata pelo PEN. Ao falar sobre seu possível lançamento, a ex-diretora da Anac disse que correligionários a apoiam por ” ter experiência na administração pública, ter vivenciado cargos políticos e... Leia mais

As penas vão voar! Serra invade palanques de Aécio e faz campanha antecipada

Quinta-feira 24, outubro 2013

  O  ex-governador José Serra deflagrou ontem estratégia de colar sua agenda na do senador Aécio Neves (MG), favorito para disputar a Presidência em 2014 pelo PSDB. Serra se antecipou ao rival mineiro e apareceu, de última hora, em evento com prefeitos do interior paulista. O mesmo encontro fará parte, amanhã, de uma ofensiva de Aécio para ganhar terreno no eleitorado de São Paulo. O mineiro fará o encerramento do 7º Congresso de Prefeitos do Noroeste Paulista, na cidade de Olímpia (SP). Aécio e seus aliados foram surpreendidos com a presença do ex-governador na abertura do evento. Serra confirmou a ida na véspera e sua palestra não constava na programação inicial. Nas palavras de um interlocutor, Serra deverá adotar uma espécie de marcação “homem a homem” no senador. O objetivo, de acordo com serristas, é construir um discurso alternativo ao de Aécio dentro do partido. “Serra também é pré-candidato do PSDB e qualquer espaço que... Leia mais

Decreto legislativo susta a decisão do TSE que modifica a quantidade de deputados de 13 estados na eleição de 2014

Quinta-feira 24, outubro 2013

  Numa votação apertada, 34 votos contra 28, o Senado sustou, na tarde de ontem, os efeitos de resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que modificava o tamanho de 13 bancadas na Câmara a partir das próximas eleições. Como era esperado, os representantes dos oito estados que perdiam parlamentares tiveram mais força do que os das cinco unidades da Federação que ganhariam deputados se a decisão do TSE fosse mantida. Após a votação no Senado, o Projeto de Decreto Legislativo de autoria do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) segue para apreciação no plenário da Câmara. A decisão do TSE perde definitivamente o seu efeito, caso a proposta seja aprovada pelos deputados. Independentemente de partidos, os senadores do Pará, de Minas Gerais, do Ceará, de Santa Catarina e do Amazonas, que ganhariam vagas na Câmara, se uniram para tentar obstruir a votação. Como estratégia, o senador Flexa Ribeiro apresentou requerimento para que o projeto fosse à Comissão de... Leia mais

Documentos da PF mostram a tucanada recebendo propina em São Paulo

Sábado 19, outubro 2013

Documentos da PF (Polícia Federal) apontam movimentações financeiras suspeitas de ex-servidores dos governos do PSDB e do PMDB no Estado de São Paulo, segundo notícia divulgada pelo “Jornal Nacional”, da Rede Globo. Peritos da PF cruzaram informações da renda líquida (descontados os impostos) com o patrimônio declarado no Imposto de Renda de 20 pessoas e de cinco empresas, entre 2000 e 2008, e verificaram que quatro delas têm evolução patrimonial incompatível com seus ganhos. A suspeita é que estejam envolvidas no caso Alstom, que teria dado propina durante escolha em licitações para a compra de equipamentos ao Metrô de São Paulo. A reportagem cita Celso Sebastião Cerchiari, que foi diretor da Cesp; Miguel Carlos Kozma, que foi presidente do Metrô entre 2001 e 2003, morto em 2011; Romeu Pinto Júnior, que administrava a consultoria MCA, suspeita de fazer pagamento de propinas a funcionários do governo; e Sabino Indelicato, que, segundo a Polícia... Leia mais

Alstom consegue suspender convocação de CPI da Câmara de São Paulo

Quinta-feira 17, outubro 2013

A Alstom obteve liminar na Justiça que suspendeu a convocação do presidente da multinacional no Brasil pela CPI dos Transportes, aberta pela Câmara de São Paulo, para apurar os custos das empresas que prestam serviços na cidade. O pedido, concedido pela 10ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, foi divulgado de manhã na sessão da CPI. O presidente da Alstom, Marcos Costa, teria de depor na Câmara no dia 11. Criada após os protestos contra o reajuste do preço da tarifa de ônibus e do Metrô, a CPI acabou incluindo nas apurações as denúncias de suposto cartel nos contratos metroferroviários nos governos de São Paulo e do Distrito Federal. Na avaliação do PSDB, a CPI, que é controlada pelo PT, estaria tentando explorar politicamente o caso do cartel e desviando o foco da investigação. O PT nega. Segundo a decisão, a convocação do presidente da Alstom não tem relação com o objeto da CPI, que é apurar as planilhas de custo de ônibus. O presidente da... Leia mais

Um terço dos usuários de planos de saúde recorre ao SUS ou paga consulta

Quinta-feira 17, outubro 2013

  Tantos são os problemas e dificuldades enfrentados com planos de saúde no país que 30% dos usuários recorrem ao SUS (Sistema Único de Saúde) ou ao atendimento particular para receber cuidado médico adequado. É o que mostra uma pesquisa da Associação Paulista de Medicina (APM), em parceria com o Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (17), às vésperas do Dia do Médico. O levantamento indica que houve um aumento de 50% na procura de usuários de convênios por atendimento particular ou pelo SUS em relação à apuração anterior, feita no ano passado. Em 2013, 22% das pessoas que têm plano de saúde tiveram que recorrer ao sistema público, contra uma proporção de 15% registrada no ano passado. E 12% tiveram que arcar com o atendimento este ano, contra 9% em 2012. O maior crescimento na procura por outras opções de atendimento ocorreu principalmente na capital, entre as mulheres e entre os usuários com idade entre 25 e 34 anos. Metodologia A pesquisa foi... Leia mais

Deputado aponta ‘patrulha’ dos ‘sonháticos’

Terça-feira 15, outubro 2013

  Articulador da aliança com o PSB, Feldman critica resistência de grupo que idealizou a Rede e diz que momento é de “coalizão” Um dos responsáveis pela articulação da aliança entre Marina Silva e Eduardo Campos, o deputado federal Walter F eldman (PSB-SP) critica a postura de integrantes da Rede que rejeitam a união de ambos e defende que esses se afastem do projeto. “Tem debate dentro da Rede que parece coisa do passado mais distante. Tem posturas de patrulha, que não compreende a crítica e trata como pessoal. Não consegue fazer transição para o novo se não tiver muita autocrítica”, afirmou Feldman sobre os chamados “sonháti-cos”, como são conhecidos parte dos apoiadores de Marina. Segundo ele, quem acreditava que a Rede deveria caminhar sozinha no seu ideal político, deveria retornar ao Movimento Nova Política, que a precedeu. “O que eu acho é que aqueles que imaginavam que a Rede deveria ser sozinha um núcleo... Leia mais

Em Pernambuco, Eduardo Campos pratica a ‘velha política’

Domingo 13, outubro 2013

  Crítico ao que chama de “política mofada” e das “raposas” do cenário nacional, o governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB) segue em casa a lógica tradicional. Dono de uma coligação de 14 partidos, Campos aloja em sua administração os aliados que o ajudaram na eleição de 2006 e na reeleição em 2010. O presidente nacional do PSB, que prega ter chegado “a hora de aposentar um bocado de raposas que já encheram a paciência do povo brasileiro”, governa ao lado de aliados como o deputado federal Inocêncio Oliveira (PR), o ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti e quadros oriundos do PFL, como o ex-governador Joaquim Francisco, convertido por Campos ao socialismo ao ser indicado suplente de senador pelo estado. Para derrotar Mendonça Filho, à época no PFL, na disputa pelo governo do estado em 2006, o candidato Eduardo Campos aceitou dar a Inocêncio Oliveira as duas secretarias negadas pelo adversário, então... Leia mais

Delegada vence medo e prende o matador presidente do PTB no interior do Ceará

Sábado 12, outubro 2013

  Manhã de 30 de janeiro de 2013. “Procuro agulha no palheiro”, diz a delegada Milena de Moraes, 40 anos de idade e 13 de polícia, na delegacia de Pacatuba, região metropolitana de Fortaleza. Cinco dias antes, o vereador eleito Valdomiro Nascimento de Souza, de 35 anos, havia sido assassinado com seis tiros. O Estado passou a acompanhar diariamente as investigações do caso. Até aquela manhã, a delegada tinha interrogado 40 pessoas, segundo suas próprias contas. Nenhum assessor político, funcionário da Câmara, vereador ou representante de partido foi ouvido. Chegou ao conhecimento dos investigadores que o vereador havia recebido ameaças quando assumiu o mandato. “José Cleudon Rodrigues Costa, suplente do vereador Valdomiro, chegou a avisar que daria um depoimento, mas até agora não veio”, diz Milena. Procurado pela reportagem, Costa não aceitou conversar. O modelo usado na investigação da morte de Valdomiro é o da rotina da delegada, o do... Leia mais

Marina e integrantes do Rede dizem que filiação é “transitória”

Quinta-feira 10, outubro 2013

A ex-senadora Marina Silva e integrantes da cúpula do Rede Sustentabilidade afirmaram ontem que devem decidir no domingo a data em que entregarão à Justiça Eleitoral as assinaturas pendentes para a formalização do partido. Eles se referiram à filiação ao PSB como uma coligação e usaram a palavra transitória para qualificar sua passagem pela sigla presidida por Eduardo Campos, governador de Pernambuco e pré-candidato a presidente da República. Marina disse que o Rede é o primeiro partido clandestino em plena democracia e ouviu seus seguidores compararem a situação que vivem hoje com a de militantes de partidos vetados pela ditadura militar, que precisavam se filiar ao partido permitido pelo regime, o MDB, para poderem atuar na política. Eles deram as declarações em entrevista coletiva realizada em Brasília após a primeira reunião da Executiva do Rede realizada após a filiação de Marina ao PSB, no sábado. Segundo Basileu Margarido, coordenador-executivo da... Leia mais

Vice-presidente nacional do PSB, classificou a Rede como fundamentalista, religioso e preconceituoso

Terça-feira 8, outubro 2013

  Número 2 do partido e ex-colega de Esplanada de Marina revê posição e afirma que só amebas e mármore não mudam” Assim que a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva começou a articular a criação da Rede Sustentabilidade, o vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, classificou o novo partido como “fundamentalista, religioso e preconceituoso 7″. Ontem, após a filiação dela ao PSB no fim de semana, Amaral afirmou ao Estado que mudou de ideia e diz, agora, reconhecer a importância da Rede. “Essa era a minha avaliação naquela época. Mas só as amebas e as pedras mármores é que não mudam”, afirmou. Em fevereiro, o dirigente do PSB afirmou ter pouco conhecimento sobre o movimento político orquestrado por Marina, mas fez duras críticas à nova legenda. “Ainda não tive muita informação, mas até aqui é um negócio fundamentalista, religioso e preconceituoso. Ainda não vi política nele”, disse ao jornal Valor... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos