Guido Mantega vai processar tucano raivoso

Quinta-feira 9, julho 2015

  O ex-ministro Guido Mantega, da Fazenda, está contratando advogado para processar o empresário que o xingou há alguns dias, no restaurante Trio, na Vila Olímpia, em São Paulo. Pela pesquisa já feita, o homem, que gritava “ladrão, ladrão, palhaço, sem-vergonha”, é diretor de uma empresa de empreendimentos imobiliários. EM PÚBLICO O advogado José Roberto Batochio, que representará Mantega, já está redigindo minuta de queixa-crime por injúria, calúnia e difamação: os xingamentos, aos gritos, ocorreram em lugar público e foram depois divulgados num vídeo na internet. ANÔNIMO Nos dois episódios anteriores em que foi agredido em público –num hospital e em outro restaurante–, Mantega não conseguiu localizar os autores das ofensas. – Monica Bergamo Leia mais

Impeachment é pauta da imprensa, diz líder do MST.

Quinta-feira 9, julho 2015

O líder do MST, João Pedro Stedile, afirmou nesta quarta-feira (8) que o impeachment contra a presidente Dilma Rousseff está sendo alimentado pela imprensa e que não vê apoio do empresariado para tirá-la do poder. “Os meios de comunicação, sobretudo a Globo, os grandes jornais e revistas ficam alimentando essa pauta. E alimentar essa pauta é um desserviço à democracia”, disse Stedile à Folha na Bolívia, onde participa nesta quinta (9) de um encontro entre movimentos sociais e o papa Francisco. “[O impeachment] Virou uma esquizofrenia porque a imprensa está falando de um tema que não resolve nada. Vamos mobilizar a nossa base para ser contra qualquer tentativa de impeachment ou golpe branco, tipo esse da volta do parlamentarismo ou novas eleições”, disse. O líder sem-terra, porém, vê a maior parte do empresariado contrária à saída de Dilma antes de 2018. “Não estou preocupado com o golpe porque estou convencido de que a parte... Leia mais

Janio de Freitas: Crise, crises

Quinta-feira 9, julho 2015

  Erupções críticas surgiram com a decisão de Dilma de entregar a área mais decisiva do governo a Levy Uma expressão tem sido frequente, com pequenas variações formais, a respeito da presente situação política: “Crise complexa”. Tanto serve para qualificar o endurecimento do jogo político, como a aparente dificuldade de destrinchar o seu emaranhado. De fato, nenhuma das faces que compõem a situação é simples. Sequer no interior de si mesmas. Mas o conjunto oferece muita nitidez na delimitação dos campos alimentadores da fermentação. Um desses campos é o Congresso, com a presidência de Eduardo Cunha na Câmara e, em menor grau, com a de Renan Calheiros no Senado. O primeiro emergiu de surpresa para o país, para o governo e até para o Congresso. E mesmo para a imprensa. Prevenido por tê-lo visto em atividade no Rio, tentei chamar a atenção para as características do emergente e para o que esperar dele, mas nem aqui entre jornalistas... Leia mais

‘Folha’ e Youssef perdem a memória e inventam notícia pró-PSDB

Terça-feira 7, julho 2015

Aécio convoca Youssef para  testemunhar  em sua defesa no processo que move contra Dilma. A Folha esconde de seus leitores essa informação: Youssef  é testemunha de Aécio   Para entender matéria que tenta induzir o leitor a tirar conclusões diferentes do que dizem os fatos, temos que fazer “engenharia reversa” em cima das frases   A manchete de ontem (3) “PT quis trazer R$ 20 mi para eleição de Dilma, diz doleiro” parece ter sido escrita pela assessoria do senador Aécio Neves (PSDB). Para entender a matéria que tenta induzir o leitor a tirar  conclusões diferentes do que dizem os fatos, temos que fazer “engenharia reversa” em cima das frases.Na página interna, a notícia espetaculosa vai mudando: “Youssef afirma ter recebido pedido de ajuda para campanha no início de 2014”. Até chegar na letra miúda: “Delator diz à Justiça Eleitoral que foi preso antes de fazer operação e não lembra nome da pessoa que o... Leia mais

Dilma, Maju e a manada

Terça-feira 7, julho 2015

  Dois episódios ocorridos na semana passada chocaram parte da população devido à virulência e trouxeram à tona a face mais preconceituosa e conservadora do povo brasileiro. Não há nada mais antigo e recorrente que a discriminação, que resiste através dos tempos à lei e à educação. A apresentadora do tempo do Jornal Nacional, Maria Júlia Coutinho, a Maju, foi vítima da ira de racistas pelas redes sociais, e duas coisas chamaram a atenção nos xingamentos gratuitos feitos à negra que se tornou alvo apenas porque vem se destacando no horário nobre da principal emissora do País: os autores são jovens, moças e rapazes que têm acesso à mais importante rede de informação do mundo, a internet; e segundo, não fizeram questão de se esconder. Publicaram as ofensas na página do Facebook do Jornal Nacional sem receio de serem identificados e processados. O outro caso envolveu a presidente Dilma Rousseff. Diferentemente do Fora Dilma, o adesivo que coloca a... Leia mais

Tendência no TCU é pela rejeição unânime das contas do governo

Terça-feira 7, julho 2015

  Aguardada para o dia 22, a análise das contas do governo pelo Tribunal de Contas da União (TCU) caminha para uma decisão unânime pela rejeição. Ministros da Corte ouvidos pelo Valor já enxergam a rejeição como um caminho sem volta. O parecer do TCU será encaminhado ao Congresso, onde os parlamentares vão tomar nova decisão sobre o assunto. A reprovação das contas pelo Congresso, no entanto, não abre automaticamente um processo de impeachment, alertaram fontes jurídicas do tribunal. O pedido de impedimento da presidente com base na rejeição de suas contas terá que ser formalizado ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que decidirá pela abertura ou não do processo. Os ministros do TCU deverão dizer, no parecer ao Congresso, que há elementos que não permitem a aprovação das contas do governo de 2014. Os principais elementos que devem levar à rejeição das contas são: as “pedaladas” fiscais – as manobras para aliviar o... Leia mais

Alckmin inflou dado sobre salário de professor em SP

Segunda-feira 6, julho 2015

  Ganho real de docentes da ativa foi de 12,3%; durante greve, Estado citava 45% Diferença se deve à incorporação ao salário de gratificações que os profissionais da ativa já recebiam e à inflação FÁBIO TAKAHASHI DE SÃO PAULO O governador Geraldo Alckmin (PSDB) inflou dados sobre salários dos professores da rede estadual paulista em meio à maior greve da categoria, que durou 89 dias e atingiu parcialmente a rede até o mês passado. O tucano dizia que a paralisação não fazia sentido, pois, segundo ele, os professores tinham recebido reajuste de 45% ao longo do seu mandato anterior (2011-2014). Na realidade, professores da ativa da rede estadual tiveram 12,3% de aumento no valor que recebem mensalmente, descontada inflação. O detalhamento do reajuste foi informado pelo governo do PSDB à Folha somente no fim do mês passado, após o governo ser acionado via Lei de Acesso à Informação. A reportagem cobrava a Secretaria de Educação desde abril. O prazo para... Leia mais

Sistema financeiro está por trás das manobras e das pesquisas

Segunda-feira 6, julho 2015

Erros em levantamentos mostram tentativa de manipulação Pobre do Ibope, ao se equivocar em pesquisa num país com 220 milhões de habitantes, e com 130 milhões de eleitores, com CPI, escândalo, crise, denúncias… E na Grécia? País com 10 milhões de habitantes, com seis milhões de eleitores, os institutos de pesquisa do sistema financeiro e de outras grandes organizações do mundo erraram em 40% o resultado do referendo sobre aceitar ou não as condições dos credores: o que era 43% de “não” virou 61% no resultado oficial. O que é isso? Proposital, especulação financeira internacional? Isso não é direita nem esquerda. Essa é a verdadeira razão da crise no mundo. O sistema financeiro quer comandar o mundo, e novamente isso pode abrir um precedente para todo o mundo. Espanha, Itália, França e Portugal podem seguir o caminho da Grécia… Isso sem que possamos imaginar o que poderá acontecer com países já submersos na América Latina em crise,... Leia mais

Empresário dono da Schahin acusa Eduardo Cunha de esquema de corrupção nas suas empresas

Segunda-feira 6, julho 2015

Dono de um conglomerado citado na Operação Lava-Jato como integrante de um esquema de pagamento de propina na Petrobras e sob crise financeira, o presidente do grupo Schahin, Milton Schahin, decidiu falar. Ele recebeu O Globo em seu escritório na Avenida Paulista, em São Paulo e, sem rodeios, afirmou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vem patrocinando um esquema de perseguição às suas empresas. A ação, segundo ele, é capitaneada pelo empresário Lúcio Bolonha Funaro, com suporte de um grupo de parlamentares ligados a Cunha. O presidente da Câmara nega qualquer interferência no episódio. Cunha morou num flat em Brasília que era de propriedade de Funaro. Este, por sua vez, afirmou que trata do assunto apenas com a polícia e o Poder Judiciário. No entanto, admitiu que procurou parlamentares para denunciar o grupo Schahin. Para Schahin, é o poder político de Cunha que tem permitido a Funaro, seu principal desafeto, acionar a metralhadora giratória... Leia mais

‘Folha’ e Youssef perdem a memória e inventam notícia pró-PSDB

Sábado 4, julho 2015

  Aécio convoca Aécio como testemunha de defesa e a Folha escondeu de seus leitores essa informação: Youssef é testemunha de Aécio Neves. Para entender matéria que tenta induzir o leitor a tirar conclusões diferentes do que dizem os fatos, temos que fazer “engenharia reversa” em cima das frases  Está difícil ler o jornal Folha de S.Paulo pelo tanto que tem deturpado a realidade para fazer campanha política em vez de jornalismo. A manchete de ontem (3) “PT quis trazer R$ 20 mi para eleição de Dilma, diz doleiro” parece ter sido escrita pela assessoria do senador Aécio Neves (PSDB). Para entender a matéria que tenta induzir o leitor a tirar  conclusões diferentes do que dizem os fatos, temos que fazer “engenharia reversa” em cima das frases.Na página interna, a notícia espetaculosa vai mudando: “Youssef afirma ter recebido pedido de ajuda para campanha no início de 2014”. Até chegar na letra miúda: “Delator diz à... Leia mais

CPI do HSBC quebra sigilo de diretores do Metrô tucano

Quarta-feira 1, julho 2015

  A CPI do HSBC aprovou a quebra de sigilo fiscal e bancário de clientes investigados por denúncias de operações irregulares com o banco, entre eles dois ex-diretores do Metrô de São Paulo: Paulo Celso Mano Moreira e Ademir Venâncio de Araújo. Ambos são suspeitos de irregularidades administrativas. O período em que tiveram conta no HSBC da Suíça seria coincidente com o tempo em que foram diretores do Metrô de São Paulo, no governo do tucano José Serra. Há suspeita de formação de cartel e fraude em licitações para a reforma das linhas 1-Azul e 3-Vermelha do Metrô e modernização de 98 trens. Segundo a Agência Senado, a CPI também aprovou o pedido de quebra de sigilo de Jacks Rabinovich, ex-proprietário do Grupo Vicunha. Porém, foi negada a quebra do sigilo do empresário Benjamin Steinbruch, da CSN. Leia mais

Endividamento das famílias recua após 4 meses

Quarta-feira 1, julho 2015

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostra que, em junho, o percentual de famílias endividadas teve queda pela primeira vez em quatro meses na comparação mensal, tendo recuado também na comparação anual. O percentual ficou em 62% – contra 62,4%, em maio, e 62,5% dos no mesmo período do ano passado Leia mais

Acordo entre Dilma e Obama fortalece sustentabilidade da agricultura brasileira

Quarta-feira 1, julho 2015

  O acordo sobre clima firmado entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente norte-americano Barack Obama, nesta terça-feira, em Washington, deverá beneficiar a agropecuária brasileira. A avaliação é da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, para quem a inclusão do etanol e da bioenergia nas discussões representam ?um forte sinalizador para o setor de que o fomento ao comércio internacional de biocombustíveis será fortalecido?. - Reconhecendo a necessidade de acelerar o emprego de energia renovável para ajudar a mover nossas economias, Brasil e EUA pretendem atingir, individualmente, 20% de participação de fontes renováveis – além da geração hidráulica – em suas respectivas matrizes elétricas até 2030 – declarou Dilma Rousseff, no encontro com Obama. A ministra da Agricultura, Katia Abreu, que participou dos atos com os presidentes de Brasil e EUA, destacou a meta definida na declaração conjunta de... Leia mais

Produção de petróleo e gás natural aumenta 10,2% em maio

Quarta-feira 1, julho 2015

A produção total de petróleo e gás natural no Brasil no mês de maio alcançou aproximadamente 2,998 milhões de barris de óleo equivalente (boe) por dia, sendo 2,412 milhões de barris diários de petróleo e 93,1 milhões de metros cúbicos de gás natural. Os dados são do Boletim da Produção da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Houve aumento de 10,2% na produção de petróleo se comparada com o mesmo mês em 2014 e de 1,3% na comparação com o mês anterior. A produção de gás natural aumentou 10,2% frente ao mesmo mês em 2014 e diminuiu 1,3% se comparada ao mês anterior. A produção do pré-sal, oriunda de 49 poços, foi de 726,4 mil barris por dia (bbl/d) de petróleo e 26,9 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) de gás natural, totalizando 895,5 mil barris de óleo equivalente por dia, um aumento de 1,2% em relação ao mês anterior. Os poços do ?pré-sal? são aqueles cuja produção é realizada no horizonte... Leia mais

José Serra, De olho no óleo

Terça-feira 30, junho 2015

  Há 60 anos, ‘O Petróleo é Nosso’ foi mais do que uma campanha, foi uma batalha. Olha aí o século 20 de volta A pressão para que seja retirada da Petrobras a exclusividade como operadora dos poços no pré-sal começa a aumentar e, em breve, deverá ser muito forte. Interesses estrangeiros e brasileiros convergem nesse sentido, excitados pela simultânea comprovação de êxito na exploração do pré-sal e enfraquecimento da empresa, com perda de força política e de apoio público. Mas o objetivo final da ofensiva é que a Petrobras deixe de ter participação societária (mínima de 30%) nas concessionárias dos poços por ela operados. Como o repórter Pedro Soares já relatou na Folha, a Petrobras está extraindo muito mais do que os 15 mil barris diários por poço, previstos nos estudos de 2010. A média da produção diária é de 25 mil barris em cada um dos 17 poços nos campos Lula e Sapinhoá, na Bacia de Santos (de São Paulo ao Espírito Santos).... Leia mais

O ilegítimo e o ilegal

Segunda-feira 29, junho 2015

  Em janeiro de 1898, Émile Zola publicou seu famoso “J’accuse”, no qual, em forma de carta aberta, acusava o Exército e os generais da França de fraude no processo Dreyfus. Acusava também a elaboração de uma minuciosa campanha midiática mentirosa, colocando toda a população contra o capitão supostamente traidor. Os fatos dados ocorridos na Curitiba de 2015, em certa medida, fazem lembrar os da virada do século 19 para o século 20. A anterior cruzada contra um suposto traidor agora é vista como a cruzada contra a corrupção, esquecendo-se que a própria ideia de cruzada é errada em seus fundamentos. Pode-se hoje, sim, apontar pela evidente ilegitimidade que se desenha na alcunhada Operação Lava Jato. Antes de tudo, e por precaução, deve-se anotar o que se entende pela diferença entre ilegalidade e ilegitimidade. Muitos que ignoram tal diferença afirmam que apenas o que se mostra ilegal poderia ser motivo de reforma por... Leia mais

Eduardo Cunha restringe acesso a informações

Segunda-feira 29, junho 2015

  Depois de exonerar dois servidores de carreira da Câmara dos Deputados acusados de vazar informações “internas” da Casa, a gestão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) publicou nas últimas semanas normas internas com o objetivo de ampliar o controle sobre o “vazamento” de informações “sigilosas”, tanto produzidas pela Câmara quanto as recebidas de outros órgãos do governo. Uma primeira portaria desse tipo foi divulgada no Boletim Administrativo da Casa no começo de fevereiro. Na última terça, o mesmo documento trouxe um Ato da Mesa Diretora com novas instruções sobre o tratamento dessas informações. A Câmara não sabe ao certo quantos documentos estão hoje carimbados como “sigilosos”. Nos próximos dias, a Casa deve publicar portaria estendendo as regras para os documentos digitais. Para especialistas, as classificações podem atrapalhar investigações como as da Operação Lava-Jato. Na prática, as regras internas... Leia mais

A privada e a bicicleta

Segunda-feira 29, junho 2015

  Você sabe que lá fora você pode deixar a bicicleta sem cadeado. Mas lá fora é você quem limpa a sua privada Por: GREGORIO DUVIVIER Cara elite, sei que não é fácil ser você. Nasci de você, cresci com você, estudei com você, trabalho com você. Resumindo: sou você. (Vou fazer uma camisa: “Je suis elite”). Sei que você (a gente) quer o bem do país. Sei que era por bem que você não queria abolir a escravidão. “Se a gente tiver que pagar pelo serviço que os negros faziam de graça, o país vai quebrar.” Você não queria que o Brasil quebrasse. Você não precisava ficar nervoso: o Brasil não quebrou. Sei que era por bem que você pediu um golpe em 64. Você tinha medo do Jango, tinha medo da reforma agrária, tinha medo da União Soviética. Sei que depois você se arrependeu, quando os generais começaram a matar seus filhos. Mas já era tarde. Sei que você achou que o Collor era honesto. Sei que você achou (acha?) que o Lula é um... Leia mais

Brasil e EUA anunciarão acordo na área de Previdência

Sexta-feira 26, junho 2015

Brasil e Estados Unidos devem anunciar durante a visita da presidente Dilma Rousseff a Washington um acordo na área de Previdência Social que permitirá o reconhecimento recíproco de contribuições feitas por brasileiros nos Estados Unidos e vice-versa. Segundo cálculo do governo americano, isso dará às empresas uma economia de US$ 900 milhões no período de seis anos. A medida era pleiteada há anos pelo setor privado e ganhou importância do lado brasileiro em razão do recente aumento de investimentos nacionais nos Estados Unidos. Estudo divulgado nesta quinta-feira, 25, em Washington pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) mostrou que o volume de ativos detidos por empresas brasileiros nos EUA cresceu 221% entre 2007 e 2012, para US$ 93,6 bilhões. Entre os emergentes, o Brasil tinha o quarto maior estoque de investimentos naquele ano, atrás de México, China e Índia. O setor privado defende a negociação de acordos de livre... Leia mais

Cade perde mais uma na Justiça contra Petrobras

Quarta-feira 24, junho 2015

  A juíza Adverci Rates Mendes de Abreu, da 20ª Vara Federal de Brasília, suspendeu a medida preventiva que foi imposta pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para que a Petrobras pare de discriminar empresas concorrentes do mercado de gás canalizado. O Cade está há nove anos tentando impedir o que qualificou como prática anticompetitiva no setor, sem sucesso devido a recursos contra suas determinações e a decisões da Justiça Federal. A decisão da juíza está sob sigilo e as partes envolvidas não podem comentar o assunto. A última determinação do órgão foi dada em 20 de maio e não durou um mês. Naquela data, após a constatação de que a estatal prejudicou concorrentes no setor de gás, resultando em aumentos nos preços pagos pelos consumidores no Estado de São Paulo, o Tribunal do Cade determinou, por unanimidade, a cessação de tratamento discriminatório pelo consórcio Gemini. Antes, em 24 de abril, medida semelhante foi baixada pela... Leia mais

Retrospectiva Governo Lula

Arquivos

Amigos & Amigos